▸ Agenda Cultural ▸ Artigos ▸ Carnaval ▸ Celebridades ▸ Cotidiano ▸ Cultura ▸ Destaques ▸ Economia ▸ Educação ▸ Entretenimento ▸ Esporte ▸ Eventos Sociais ▸ Festival Folclórico de Parintins ▸ Internacional ▸ Justiça ▸ Lazer ▸ Meio Ambiente ▸ Nutrição ▸ Polícia ▸ Política ▸ Religião ▸ Saúde ▸ Tecnologia ▸ TRANSPORTES ▸ Turismo

Notícias
Compartilhar Imprimir

Meio Ambiente | ZONA LESTE | 10/08/2018 | 07:59 | Por: Portal Flagrante

Distribuição de mudas e material informativo sobre queimadas marca ação educativa

 Com a distribuição de 600 mudas de espécies frutíferas e ornamentais, além de ventarolas e material informativo sobre os malefícios das queimadas, a Prefeitura de Manaus realizou na manhã desta quinta-feira, 9/8, a segunda ação educativa da Campanha de Combate às Queimadas 2018, com foco na sensibilização das pessoas por meio de informação e incentivo ao plantio de árvores e jardins. A atividade teve início às 9h, na área da rotatória do Produtor, com os técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

 
 
 
“Esse é um trabalho que fazemos o ano todo, mas que nesse período de verão temos que intensificar por conta do hábito frequente da queima de resíduos nos quintais, principalmente no final da tarde, presente na cultura de muitos moradores de bairros da cidade”, afirmou o diretor de Áreas Protegidas da Semmas, Márcio Bentes.
 
 
 
Este ano, a campanha terá atividades educativas em logradouros públicos com grande fluxo de pedestres e motoristas, a exemplo de feiras, terminais de ônibus, cruzamentos, rotatórias. A próxima ação será no dia 21, na esquina da avenida Brasil com a rua Padre Agostinho Caballero Martin, Compensa, zona Oeste, a partir das 9h.
 
 
 
Conscientização
 
Com uma criança recém-nascida em casa, Ana Paula Vieira, moradora do Parque Mauá, disse que sofre muito com a fumaça proveniente das queimadas feitas pelos vizinhos. Ela levou mudas ornamentais para casa e ficou surpresa ao saber que a queima de resíduos é crime ambiental. “A partir de agora, vou pedir para não queimarem mais lixo na minha rua”, afirmou.
 
 
 
Moradora do Jorge Teixeira, 3ª etapa, Antônia da Costa Machado, disse que o problema maior no bairro é o lixo lançado nas ruas e no igarapé. “Essa ação é importante para fazer com que as pessoas reflitam um pouco sobre as suas atitudes e tornem a cidade mais verde”, comentou.
 
 
 
Denúncias
 
Entre janeiro e julho deste ano, a Semmas registrou 61 denúncias de queimadas. Neste mesmo período do ano passado, o número de registros era de 69. A tendência de redução dos números de casos vem se confirmando nos últimos anos. Em 2016, de janeiro a dezembro, foram registrados 425 denúncias de focos. Já no ano seguinte, 330, uma redução de aproximadamente 25%. “Nosso objetivo é levar nossa equipe de Educação Ambiental para as ruas e ao mesmo tempo zerar o passivo de denúncias com o trabalho de atendimento feito pela equipe de fiscalização”, explicou o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antonio Nelson de Oliveira Júnior.
 
 
Fotos: Arlesson Sicsú / Semmas
Deixe seu Comentário

Nome:

Email:

Seu email não será publicado
Mensagem:
Leia Também

© Copyright 2016 Portal Flagrante. Todos os direitos reservados.