▸ Agenda Cultural ▸ Artigos ▸ Carnaval ▸ Celebridades ▸ Cotidiano ▸ Cultura ▸ Destaques ▸ Economia ▸ Educação ▸ Entretenimento ▸ Esporte ▸ Eventos Sociais ▸ Festival Folclórico de Parintins ▸ Internacional ▸ Justiça ▸ Lazer ▸ Meio Ambiente ▸ Nutrição ▸ Polícia ▸ Política ▸ Religião ▸ Saúde ▸ Tecnologia ▸ TRANSPORTES ▸ Turismo

Notícias
Compartilhar Imprimir

Cotidiano | ATUALIZAÇÃO DE CADASTRO | 08/02/2019 | 14:01 | Por: Portal Flagrante

Pais de alunos terão até 31 de maio para apresentar declaração de cartão de vacinas atualizado nas escolas municipais

Os pais ou responsáveis por alunos da rede pública municipal de ensino têm até o dia 31 de maio deste ano para apresentar a Declaração de Avaliação de Cartão de Vacina Atualizada nas unidades em que os filhos estão matriculados.

 

A campanha em parceria entre as secretarias municipais de Educação (Semed) e de Saúde (Semsa) tem o objetivo de verificar o cartão de vacina de crianças e adolescentes que não estão atualizados, contribuindo com a saúde pública, evitando o surto de doenças imunopreveníveis, ou seja, doenças que podem ser prevenidas com a vacinação, como o Sarampo que acometeu Manaus em 2018 e que ainda apresenta risco de reintrodução.

 

A portaria que trata da parceria entre as redes municipais de saúde e educação foi publicada na página 12, do Diário Oficial de Manaus (DOM) de Edição nº 4.532. Conforme orienta o documento, para solicitar a declaração, que deve ser entregue nas unidades da Semed, os responsáveis pelos estudantes precisam se encaminhar a qualquer uma das 183 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) ou Policlínicas que possuem salas de vacina com o Cartão de Vacinação do aluno.

 

Dessa forma, o profissional da área avaliará se o Cartão de Vacina está atualizado. Se a imunização estiver em dias, a declaração é entregue aos responsáveis. Caso esteja faltando alguma vacina, na mesma hora o aluno receberá a imunização e, em seguida será entregue ao responsável a declaração que deve ser apresentado na escola. Caso o documento não seja apresentado até o dia 31 de maio, ainda conforme a portaria, a unidade de ensino deverá encaminhar o nome do responsável ao Conselho Tutelar da área, a fim de que sejam tomadas as devidas providências.

 

De acordo com a gerente de Atividades Complementares e Programas Especiais (Gacpe) da Semed, Dircélia Ortiz, a iniciativa normatiza e exemplifica a ação que já é solicitada pela rede municipal e que agora terá o aval de um profissional da área. “O cartão de vacina é um dos documentos necessários no ato da matrícula do aluno, mas o profissional de educação não é apto para avaliar e entender as informações do documento. Com a declaração, nós sabemos que um profissional da saúde validou o cartão e o aluno está com todas as dosagens em dias”, comentou.

 

A gerente de Matrículas da Semed, Darlene Liberato, reforça que o cartão de vacina é um documento exigido no ato da matrícula, mas a não apresentação não impede que o aluno seja matriculado. Ela destacou o prazo que o responsável tem para apresentar a declaração. “A parceria entre as secretarias reforça a exigência que a Semed já faz junto aos pais e responsáveis no ato da matrícula e caso não seja apresentado o pai ou responsável, será encaminhado ao Conselho Tutelar e lá tomará as devidas providências”.

 

A diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (Devae), da Semsa, Marinélia Ferreira, destaca a importância da nova portaria para a prevenção de doenças nas crianças. “Essa portaria é uma inciativa municipal que proporciona às crianças que serão matriculadas na rede municipal de educação, que passem pela avaliação do seu Cartão de Vacinação. Será uma atividade com a corresponsabilidade da escola e da família, fazendo que a nossa cobertura alcance o número desejado. Além disso, protegerá as nossas crianças das doenças imunopreviníveis”.

 

-- -- --

 

Texto: Érica Marinho/Semed

Fotos: Lton Santos/ Arquivo Semed

 

 

Deixe seu Comentário

Nome:

Email:

Seu email não será publicado
Mensagem:
Leia Também

© Copyright 2016 Portal Flagrante. Todos os direitos reservados.