▸ Agenda Cultural ▸ Artigos ▸ Carnaval ▸ Celebridades ▸ Cotidiano ▸ Cultura ▸ Destaques ▸ Economia ▸ Educação ▸ Entretenimento ▸ Esporte ▸ Eventos Sociais ▸ Festival Folclórico de Parintins ▸ Internacional ▸ Justiça ▸ Lazer ▸ Meio Ambiente ▸ Nutrição ▸ Odontologia ▸ Polícia ▸ Política ▸ Religião ▸ Saúde ▸ Tecnologia ▸ TRANSPORTES ▸ Turismo

Notícias
Compartilhar Imprimir

Polícia | HOMICÍDIO | 22/05/2019 | 12:35 | Por: Portal Flagrante

Polícia Civil prende rapaz procurado por homicídio de técnico de Enfermagem em 2018

 
A Polícia Civil do Amazonas, representada pelo delegado Paulo Martins, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), falou na manhã desta quarta-feira (22/5), durante coletiva de imprensa realizada às 9h30, no prédio da unidade policial, sobre o cumprimento de mandado de prisão temporária por homicídio em nome de Alison Gabriel da Silva Vieira, 24, autor do homicídio do técnico de Enfermagem Danilo Nunes da Silva, ocorrido no dia 12 de maio de 2018. A vítima tinha 31 anos.
 
De acordo com a autoridade policial, Alison e Danilo se conheceram na noite do dia 11 de maio de 2018, em uma casa noturna no bairro Chapada, zona centro-sul da capital. Conforme o delegado, após a festa, os dois foram para a casa de Danilo, localizada em um condomínio residencial na rua Alexandre Magno, bairro Parque Dez de Novembro, zona centro-sul da cidade. No local, eles consumiram bebidas alcoólicas e substâncias entorpecentes durante horas.
 
“O crime aconteceu no dia 12 de maio de 2018, por volta das 18h, após terem feito uso de bebidas alcoólicas e drogas. O infrator e a vítima iniciaram uma discussão e travaram luta corporal. Nesse momento, Alison pegou uma faca e desferiu cerca de 15 golpes em Danilo. Em depoimento, ele alegou ter iniciado a briga após a vítima tentar colocar veneno na bebida dele. O técnico de Enfermagem veio a óbito no local, e Alison empreendeu fuga”, explicou o delegado.
 
Conforme Paulo Martins, o corpo da vítima foi encontrado dois dias depois do delito, por familiares que foram até o lugar. Uma câmera de segurança instalada no imóvel registou o momento em que Alison, até então não identificado, deixou o local. “A partir dessas imagens, fizemos a divulgação do procurado e conseguimos identificar o autor do crime. Então representei à Justiça o pedido de prisão em nome dele”, disse o titular da DEHS.
 
A ordem judicial em nome de Alison foi expedida no dia 8 de maio deste ano, pelo juiz George Hamilton Lins Barroso, da 1ª Vara do Tribunal do Júri. Durante as diligências, a equipe de investigação da DEHS logrou êxito na prisão do infrator na manhã da última segunda-feira (20/5), por volta das 9h30, na casa dele, situada na rua Ruy Adriano de Araújo Jorge, na segunda etapa do conjunto João Paulo, bairro Nova Cidade, zona norte da capital.
 
Indiciado – Alison foi indiciado por homicídio. Ao término dos procedimentos cabíveis na DEHS, ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde deverá ficar à disposição da Justiça. O delegado Paulo Martins enfatizou que já solicitou à Justiça a conversão do mandado de prisão temporária para preventiva, em nome do infrator.
 
FOTOS: Erlon Rodrigues / Divulgação / PC-AM
Deixe seu Comentário

Nome:

Email:

Seu email não será publicado
Mensagem:
Leia Também

© Copyright 2016 Portal Flagrante. Todos os direitos reservados.