▸ Agenda Cultural ▸ Artigos ▸ Carnaval ▸ Celebridades ▸ Cotidiano ▸ Cultura ▸ Destaques ▸ Economia ▸ Educação ▸ Entretenimento ▸ Esporte ▸ Eventos Sociais ▸ Festival Folclórico de Parintins ▸ Internacional ▸ Justiça ▸ Lazer ▸ Meio Ambiente ▸ Nutrição ▸ Odontologia ▸ Polícia ▸ Política ▸ Religião ▸ Saúde ▸ Tecnologia ▸ TRANSPORTES ▸ Turismo

Notícias
Compartilhar Imprimir

TRANSPORTES | TRANSPORTE | 19/01/2018 | 17:50 | Por: Portal Flagrante

Prefeitura recebe mototaxistas e assume compromisso de intensificar fiscalizações

Foto: Divulgação SMTU

Em reunião realizada na Casa Militar, zona Oeste da capital, na manhã desta sexta-feira, 19/1, a Prefeitura de Manaus reuniu um grupo de 400 mototaxistas para ouvir as reivindicações e propor melhorias para a categoria. O encontro foi coordenado pelo superintendente municipal de Transportes Urbanos (SMTU), coronel Franclides Ribeiro, acompanhado pelo diretor de Transportes, Robson Falcão e pelo presidente do Sindicato dos Profissionais Mototaxistas de Manaus (Sindmoto), Anderson Souza.
 
Dentre as solicitações, a abertura de nova licitação para preenchimento de vagas e uma fiscalização mais ativa sobre os mototaxistas irregulares foram destacadas. “Esse convite feito pelo superintendente nos deixa felizes e esperançosos de que vamos ser atendidos em nossos anseios. Foi uma excelente oportunidade de estarmos frente a frente e esperamos que o compromisso assumido dê resultados”, disse Souza.
 
Segundo o superintendente da SMTU, a fiscalização será reforçada. “Vamos pedir parceria do Batalhão de Trânsito do Estado do Amazonas para dar reforço à fiscalização já realizada pela SMTU”, afirmou Franclides.
 
Ao todo, existem em Manaus 2.926 mototaxistas regulamentados junto à SMTU e, pelo menos, o dobro da quantidade de clandestinos circulando.
 
 
Regularização
 
Para se regularizar junto à SMTU, é necessário realizar o licenciamento anual, com aprovação do veículo pela vistoria da SMTU, devendo o condutor possuir CNH válida. Se o condutor possuir multas, a permissão será cassada. Outros requisitos:
 
 
·   Possuir um ano de experiência como condutor do sistema;
 
·   Não possuir antecedentes criminais;
 
·   Não possuir débitos no âmbito municipal e estadual;
 
·   Participar de processo licitatório;
 
·   Apresentar o veículo com no mínimo três anos de fabricação;
 
·   Documentação: dual da moto; comprovante de residência; comprovante do pagamento do INSS atualizado; comprovante de pagamento da apólice de seguro; proposta de período de validade do seguro.
 
Deixe seu Comentário

Nome:

Email:

Seu email não será publicado
Mensagem:
Leia Também

© Copyright 2016 Portal Flagrante. Todos os direitos reservados.