Manaus:

MONTE HOREBE – Líder comunitário diz que moradores pretendem resistir e anuncia protesto na Torquato Tapajós

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Moradores do Monte Horebe, na zona Leste, estão aflitos e ameaçam resistir a reintegração de posse imposto pela Justiça do Amazonas, na área onde vivem atualmente aproximadamente 15 mil famílias.

Segundo o pastor evangélico, Ronildo Taveira, uma das lideranças do local, a maioria das famílias está apreensiva pela falta de clareza das autoridades do estado quanto a remoção das famílias.

“Não temos uma posição bem clara sobre para onde as famílias irão. Sabemos que essa é uma situação muito complicada porque são mais de 15 mil famílias. Para onde vai toda essa gente?”. Questiona o religioso.

Em coletiva na última sexta-feira, o governo garantiu realizar um cadastro e visitar cada família que será retirada do local para resolver a situação. Também informou que o local tem problemas sérios como o narcotráfico e que a reintegração é uma ordem Judicial que precisa ser cumprida.

PROTESTO NA TORQUATO

Na tarde deste sábado, os moradores decidiram fazer um protesto na avenida Torquato Tapajós, nas imediações da entrada do conjunto Viver Melhor.

“Vamos levar uma multidão para as ruas para pressionar as autoridades a resolver essa questão. Tivemos a promessa, em tempo de eleição, do vice-governador onde ele garantiu que nos ajudaria”, relembra o pastor Ronildo.

REMOÇÃO MARCADA PARA SEGUNDA

O cumprimento da decisão judicial sobre a desocupação da área está marcada para a manhã da próxima segunda-feira, dia2. O governo deu tempo para que quem quiser sair possa ter caminhão e outros meios para retirar todos os pertences das casas.

Fotos: Robervaldo Rocha/ Flagrante
Robson Carvalho

Robson Carvalho

Assine a nossa newsletter

Clique no botão editar para alterar este texto.