AMAZONINO E DAVID ALMEIDA – Pesquisa DMP/REDE TIRADENTES aponta o velho cacique com 80 anos na frente e ressurgimento de Josué Neto

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A primeira pesquisa registrada no TRE-Am em 2020, ano de eleição, trás algumas novidades sobre a intenção de voto do eleitor amazonense.

O velho cacique político de 80 anos, Amazonino Mendes, surge pela primeira vez na frente do ex-governador de 48 anos, David Almeida (Avante), que no entanto, tem a menor rejeição de Amazonino.

Também mostra o ressurgimento do nome do presidente da Aleam, Josué Neto, que havia desistido do pleito por conta da negativa do antigo partido, o PSD, comandado no Amazonas pelo senador Omar Aziz, que acabou liberando o deputado para seguir em frente.

A pesquisa é apenas um retrato do momento atual. Posição dos candidatos pode sofrer mudança no curso da campanha eleitoral.

O Instituto DMP/REDE TIRADENTES divulga agora os resultados da consulta popular realizada esta semana.

A primeira pesquisa registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas indica uma eleição municipal acirrada e em dois turnos.

Essa pesquisa aponta alguns fatos novos em relação a ultima pesquisa divulgada pelo Instituto DMP/REDE TIRADENTES, em julho do ano passado.

O ex-governador Amazonino Mendes (sem partido) subiu 5 pontos percentuais. No dia 15 de julho de 2019 ele tinha 21%. Na pesquisa de hoje ele tem 26%.

O ex-presidente da Assembleia Legislativa, Davi Almeida (AVANTE) tinha 15% na pesquisa anterior. Subiu 3 pontos e chega aos 18%.

O deputado federal José Ricardo  (PT-AM) que tinha 14% caiu 8 pontos. Nessa pesquisa divulgada hoje, o parlamentar petista tem apenas 6%.

Todos os demais nomes citados na pesquisa estão abaixo de 5%.

Foram entrevistados 1002 eleitores entre os dias 02 e 04 de março.

A pesquisa eleitoral foi registrada no TRE-AM com o número 02776/2020. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para cima ou para baixo.

No quadro abaixo você confere a posição de cada candidato. No quadro amarelo o total de votos atribuídos a cada um, incluindo brancos, nulos e indecisos. No quadro vermelho foram computados apenas os votos válidos.

Fonte: Redação e Portal Flagrante

Robson Carvalho

Robson Carvalho

Assine a nossa newsletter

Clique no botão editar para alterar este texto.