Manaus:

ELEIÇÕES EM COARI – Atual prefeito pode disputar a reeleição atrás das grades e alguns vereadores também

A disputa pela prefeitura do Município de Coari, a 363 quilômetros de Manaus, pode ter uma das eleições mais bizarras dos últimos anos. Dois dos pretendentes ao cargo, o atual prefeito Adail Pinheiro Filho (PP), Arnaldo Mitouso foram presos.

O caso mais recente foi a prisão de Adilzinho, como o atual prefeito é conhecido no município, por suspeita de desvio de R$ 100 milhões dos cofres públicos. Adail Filho foi preso em 26 de setembro de 2019, na denominada Operação Patrinus, desencadeada pelo Grupo de Combate ao Crime Organizado do Ministério Publico (GAECO).

PARA LEMBRA O ‘ESQUEMA’

Segundo o que apurou as investigações do Ministério Público, Adail Filho teria montado um ‘esquema’ de corrupção que desviou algo em torno de R$ 100 milhões, nos primeiros dois anos de administração.

Dentro do esquema, segundo as investigações, o prefeito de Coari cobrava 30% do valor pago a fornecedores que estariam sem receber os repasses há meses. Quem não pagava o percentual não recebia nada da prefeitura.

LICITAÇÕES FRAUDULENTAS

Adail Pinheiro também se especializou em fraudar licitações. Segundo apurou o MP, a administração desastrosa do prefeito cobrava propinas em licitações fraudulentas, além de negociar dispensas de licitações e até contratos superfaturados.

MEMSALINHO

Outro escândalo, este divulgado na mídia nacional, o prefeito aparece como principal responsável por um ‘mensalinho’ aos vereadores de sua base aliada.

O pagamento de R$ 10 mil do ‘mensalinho’ a vereadores, veio à tona após denúncia e divulgação de um vídeo feito em 2017, onde os vereadores, entre os quais, o próprio presidente da câmara, vereador Keitton Pinheiro, primo do prefeito de Coari.

Segundo a denúncia feita pelos vereadores Aldervan Cordovil (PTB), Ewerton Medeiros (DEM), Samiel Castro (PSL) e Ademoque Filho (PSDC), cassados após uma série de denúncias contra o executivo, o dinheiro vinha direto das mãos de Adail Pinheiro Filho.

O vídeo que revoltou os moradores do município e manchou nacionalmente o nome de Coari, os vereadores riam enquanto sorteavam o valor em espécie ( R$ 10 mil) dentro de uma sala, supostamente na Câmara Municipal do Município.

Adail Pinheiro Filho está solto, por força de uma determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas o processo continua e ele pode se preso novamente antes mesmo das eleições em outubro de 2020.

MITOUSO

Outro pré-candidato à prefeitura de Coari e Arnaldo Mitouse, 63 anos, que em 11 de novembro de 2016, foi condenado e preso por crime de homicídio. O crime que vitimou o ex-prefeito Odair Carlos Geraldo, ocorreu em agosto de 1995.

Arnaldo era o prefeito quando foi preso em Manaus, por decisão do STJ. Ele aparece como um dos pré-candidatos à prefeitura de Coari este ano.

VEREADOR

Outro que foi preso e pode voltar à cadeia, mas deve ser candidato à reeleição é o primo do atual prefeito de Coari, Keitton Pinheiro. O atual presidente da Câmara foi preso juntamente com o prefeito, um policial militar e um empresário, na operação Patrinus.

Show More

Talvez você goste também

Secretaria de Educação retoma o funcionamento normal das atividades na sede

Secretaria de Educação retoma o funcionamento normal das atividades na sede

POLÍCIA CIVIL prende jovem que abusava sexualmente do próprio enteado

POLÍCIA CIVIL prende jovem que abusava sexualmente do próprio enteado

ENCONTRO DE CADÁVER Corpo de agricultor desaparecido há um dia  é encontrado nas águas do Rio Negro

ENCONTRO DE CADÁVER Corpo de agricultor desaparecido há um dia é encontrado nas águas do Rio Negro

SUPER MOTOS Polícia do Amazonas treina motoqueiros da Rocam para combater criminosos nas ruas de Manaus

SUPER MOTOS Polícia do Amazonas treina motoqueiros da Rocam para combater criminosos nas ruas de Manaus

Manaus recebe cem mil máscaras de Taiwan

Manaus recebe cem mil máscaras de Taiwan

PM prende 13 pessoas e retira de circulação cinco armas de fogo no Amazonas.

Curta Nossa Fanpage

Fique Ligado

Alimentos vendidos no Carnaval serão foco de fiscalização da Prefeitura de Manaus

Alimentos vendidos no Carnaval serão foco de fiscalização da Prefeitura de Manaus

21 de fevereiro de 2020
Homé é preso por bater na companheira no Rio Preto da Eva

Homé é preso por bater na companheira no Rio Preto da Eva

7 de junho de 2020
Governo do Estado realiza roda de conversa sobre saúde mental com idosos do Morro da Liberdade

Governo do Estado realiza roda de conversa sobre saúde mental com idosos do Morro da Liberdade

28 de janeiro de 2020
COVARDÃO- Marido agride a esposa após ela descobrir traição em Manaus   

COVARDÃO- Marido agride a esposa após ela descobrir traição em Manaus  

22 de junho de 2020