Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Amazonas

Amazonas registra seis novos casos (agora são 32) e fecha Delphina Aziz só para atender contaminados

 

 

O Amazonas registrou nas últimas 24 horas mais seis casos do novo coronavírus. Agora são 32 no total. Outros 20 estão sob investigação. Apenas um doente veio do interior – de Parintins. Ele continua internado, estável, no hospital Delphina Aziz. Como mais uma pessoa de Manaus foi internada, o Estado decidiu fechar a unidade de saúde para outros casos, a fim de atender apenas os contaminados com o Codiv-19.

As autoridades continuam alertando a população para permanecer em casa. Os que apresentarem os primeiros sintomas devem permanecer isolados e procurar as unidades de saúde apenas se tiverem dificuldades para respirar e apresentar febre constante.

Sobre a falta de equipamentos de proteção individual – os chamados EPIs -, que é uma reclamação dos profissionais de saúde, o secretário Rodrigo Tobias admitiu que faltam alguns ítens fundamentais e justificou dizendo que todos os Estados estão com dificuldades para adquiri-los por causa da baixa produção. Ele revelou que a partir da quarta-feira (25) estará distribuindo kits enviados pelo Ministério da Saúde.

As máscaras N-95, que protegem contra gotículas, estão sendo distribuídas prioritariamente para profissionais que estão trabalhando nas Unidades de Terapia Intensiva.

A diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde, Rosemary Costa Pinto, revelou que quatro profissionais de saúde estão entre os infectados em Manaus, mas negou que eles tenham contraído o vírus nas unidades de saúde. Todos, segundo ela, vieram de viagens nacionais ou internacionais.

Ela ainda fez um apelo no sentido de que não se divulgue a identidade das pessoas contaminadas, para evitar discriminação, garantindo que todos estão sendo monitorados e se tratando adequadamente.

O Amazonas ainda não registrou casos de transmissão comunitária – aqueles em que não se sabe quem foi o transmissor.

Apenas dois pacientes são maiores de 60 anos, o maior grupo de risco. Um é criança.

Blog  do Hiel Levy

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

Manacapuru

O corpo de uma mulher que não teve a identidade revelada, foi encontrado com marcas de tortura na tarde deste domingo (17), no bairro...

Polícia

Uma mulher suspeita de cometer assaltos na cidade de Manaus, foi pega pela população na zona Sul da cidade, quando se tentava praticar mais...

Notícias

Manaus/AM- Brena Rayssa Pinheiro de Macedo, 28, foi vítima de um homem que ainda não foi identificado, na noite deste domingo (17), no bairro...

ESPECIAL PUBLICITÁRIO

Por: Secretaria Municipal de Comunicação conteúdo de responsabilidade do anunciante Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que em todo o...