Manaus:

Belarmino Lins pedirá que governo edite decreto proibindo cortes de água e luz por inadimplência

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

 

 

Na sessão virtual desta terça-feira (24) da Assembleia Legislativa do (Aleam), o deputado Belarmino Lins (Progressistas) vai pedir ao Governo do Estado que edite decreto proibindo, pelo prazo de 60 dias, a interrupção, por motivos de inadimplência, dos serviços de abastecimento de água e energia elétrica em todo o Amazonas, considerando a situação de calamidade vigente por causa da incidência da covid-19 (coronavírus).

Segundo o parlamentar, o decreto vai resguardar a prestação dos serviços essenciais de água e energia sem prejuízos à população obrigada ao isolamento social necessário para que as medidas oficiais, adotadas para aplacar a covid-19, apresentem os resultados positivos que todo o Estado aguarda.
“Neste momento, é preciso que todos deem suas cotas de contribuição na luta geral contra o coronavírus, é hora de sacrifícios e, sobretudo, de união”, disse Belarmino Lins, lembrando que no Estado do Pará, na sexta-feira (20), a Assembleia Legislativa local aprovou decreto do governador Helder Barbalho que proibiu a interrupção dos serviços de água e energia por 30 dias.

Deputado Estadual Belarmino Lins – Progressistas

Natália Garcia

Natália Garcia

Assine a nossa newsletter

Clique no botão editar para alterar este texto.