Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Polícia

MOFAR NA PRISÃO – Juiz decreta preventiva e ex-presidente dos Rodoviários vai continuar na cadeia

Prisão temporária terminaria hoje (31), mas juiz de iranduba decidiu converter e decretar a prisão preventiva o que siginifica que de Givancir Oliveira não sai tâo cedo da prisão.

O juiz Carlos Henrique Jardim da Silva, titular da 2ª Vara de Iranduba, converteu a prisão temporário em prisão preventiva do ex-presidente do Sindicato dos Rodoviários do Amazonas, Givancir Oliveira.

Givancir é acusado de assassinar a tiros Bruno de Freitas Guimarães, de 24 anos, e de tentar matar, também, a tiros o travesti Thielson Freitas, crime praticado no dia 29 de fevereiro no município de Iranduba, na região Metropolitana de Manaus.

O advogado Silvio Costa, que atua na defesa de Givancir, explicou que o prazo da prisão temporária de Givancir terminava nesta terça-feira (31), e que ele e Givancir estava confiantes em uma decisão favorável, ou seja, que o ex-presidente dos Rodoviários seria posto em liberdade ainda hoje.

Agora com a conversão da prisão em preventiva decidida pelo juiz nesta segunda-feira (30), significa que Givancir não tem prazo para sair da prisão.
O juiz Carlos Henrique Jardim decidiu pela prisão preventiva depois que o promotor da comarca de Iranduba, Leonardo Abinader Nobre deu parecer opinando favorávelmente a conversão da prisão temporária para prisão preventiva justificando que Givancir praticou o crime com “extrema violência”;

O promotor cita ainda que o réu possui periculosidade exacerbada e que “a ordem pública está potencialmente em risco com a soltura” do ex-presidente do Sindicato dos Rodoviários, além de haver risco de fuga.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Você pode gostar!

Polícia

Macapá- Uma criança identificada como Ana Júlia Pantoja, de 5 anos, morreu no fim da tarde de quarta-feira (15, após levar um tiro na...

Flagrantes da Política

Arthur Neto (PSDB), com 3,5; Coronel Menezes, com 2,1, Omar Aziz com 2,1 e Chico Preto com 0,7 são os nomes mais citados na...

Polícia

Manaus/AM – Julio Cezar Lunier Ferreira, Ducineide dos Santos Lopes e Ana Paula Costa de Oliveira, foram mortos a tiros no fim da tarde...

Notícias

Manaus/AM – Uma banda de pagode estava no palco e fazia uma transmissão ao vivo do show no momento em que o dono do...