ODE A MANAUS

O texto me foi enviado através do zap pelos amigos Alfredo Cabral, Tadeu Nery, Domingas Laranjeiras e Paulo Nogueira. Veio com as seguintes observações: “O poema foi extraído do livro "Manaus - meu sonho", organizado por Joaquim Marinho, lançado pela Valer” e “Transcrito (ipsis litteris) do livro Manaus meu sonho, organizado por José Joaquim Marques Marinho, Manaus: Editora Valer, 2010, 144 pp. Digitado por jcm em 22.02.2011”. Trata-se do poema “Manaus”, de autoria do doutor Ornan Bugalho Corrêa Filho. O recebimento me provocou reações contraditórias: recriminei a mim a mesmo por não ter conhecido antes esse verdadeiro hino de louvor à memória da minha cidade e, ao mesmo tempo, me regozijei por ficar sabendo que Ornan, indiscutível amante da música, também navega sob a proteção da musa da poesia.

Sem espaço, no jornal, para a integralidade do texto (coisa que remediarei no facebook), impossível deixar de, pelo menos, transcrever parte da ode tecida a esta cidade mágica. É uma forma de fazer com que meus conterrâneos experimentem as mesmas sensações que me assaltaram: carinho, amor e veneração. Começa assim:

“Ah, Manaus antiga de coisas lembradas
de amigos que outros rumos tomaram
uns para o mundo, outros, eternidade
reminiscências livres e tantas saudades.
O Café era da paz, a Leiteria mimosa
o pão doce a coalhada do Careiro
o pirão escaldado, o aipim macaxeira,
Autazes amanteigava o pé-de-moleque.”

Outras doces reminiscências:

“Manaus, onde o Brasil era um Bar; Botafogo,
uma sapataria, Vasco vendia o disco voador,
Flamengo era pente, para jogar botão feito
de caroço de tucumã. Aquilo que era jogo!
Ia-se da adega Portuguesa ao Canto da Alvorada
do Restaurante Central à Pensão Maranhense
e Bar Avenida ao Bife de Ouro ou Baratinha
se a grana era pouca a opção era o Guadalajara”

Como evitar a emoção com estas doces lembranças:

“Atravessar para os Educandos e São Raimundo
Só na catraia e muitas vezes a volta: na porrada
a cidade era fresquinha por causa dos igarapés
paralelepípedos, benjaminzeiros e mangueiras.
O Colégio Estadual era Ginásio Dom Pedro II.
O Instituto de Educação era a Escola Normal
Doroteia, Santa Terezinha e Maria Auxiliadora
eram das meninas o Dom Bosco, dos meninos.
Rosa de Maio desfolhava o ano todo
o bar Bom Futuro, ficava no clima frio,
Rapariga freqüentava até piscina
Ângelo e Verônica: viviam separados”.

E esta advertência, tão válida nos dias de hoje:

“Professora: Mestra, não tia ou facilitadora
respeito era no olhar. Diretoria? Terror!
Tabuada aprendia-se mesmo na palmatória
Castigo era “de joelhos” ou “chame seu pai”.
E a apoteose:

“Aqui as vogais prevalecem pra chuchu
Tacacá, aluá, tracajá, tucunaré, cafuné,
Tucupi, uarini, tucuxi, janauari, arari,
Acari e forró bodó, pacu, até pirarucu.
Manaós, dos abricós arigós e igapós
Manaus, dos aracus, candirus e anus
Manauense dos belenenses, cearenses,
Manauara, das iaras, cigarras e araras.
Manaus, a cidade dos nobres bares
das cunhantãs, dos igapós e igarapés
de um passado romântico e sossegado
que o tempo deixou pra trás... nunca mais...”

Muito obrigado, Ornan, por tanta ternura. Manaus é digna dos seus versos e da sua sensibilidade e você, em a louvando, revela o quão é ela pródiga em talentos.

Você pode

PARCERIA Espaços públicos vão ter torneiras para higienização de pessoas em situação de rua

PARCERIA Espaços públicos vão ter torneiras para higienização de pessoas em situação de rua

Emissão de Certidão de Antecedentes Criminais cresce 4,2% no Amazonas

Emissão de Certidão de Antecedentes Criminais cresce 4,2% no Amazonas

A CAMPEÃ VOLTOU!-Escola de Samba Aparecida é grande campeã do Carnaval 2020 de Manaus

A CAMPEÃ VOLTOU!-Escola de Samba Aparecida é grande campeã do Carnaval 2020 de Manaus

Belarmino Lins diz que “os olhos do governo Bolsonaro finalmente se voltaram para o Amazonas”

Belarmino Lins diz que “os olhos do governo Bolsonaro finalmente se voltaram para o Amazonas”

VENTILAÇÃO NÃO  INVASIVA – Grupo Samel mostra novidade ao ministro da saúde

VENTILAÇÃO NÃO INVASIVA – Grupo Samel mostra novidade ao ministro da saúde

Wilson Lima recebe comitiva do BNDES para discutir retomada de investimentos do Fundo Amazônia

Wilson Lima recebe comitiva do BNDES para discutir retomada de investimentos do Fundo Amazônia