DESVIOU MILHÕES DA SAÚDE DO AM- Médico Mouhamad Moustafá aguardará julgamento em liberdade

  Após determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ),o médico Mouhamad Moustafá sairá da prisão conforme determinação do ministro Nefi Cordeiro. Mouhamad ficará em liberdade até o julgamento de habeas corpus, a ser feito pelo Tribunal Federal da 1ª Região, ainda sem data definida. O médico foi condenado em 11 ações penais e acumula penas que somam 119 anos de prisão.

Talvez você goste também

PREFEITURA de MANAUS destaca avanços na divulgação de dados sobre a Covid-19 em entrevista ao Instituto de Governo Aberto

PREFEITURA de MANAUS destaca avanços na divulgação de dados sobre a Covid-19 em entrevista ao Instituto de Governo Aberto

SUSAM amplia em 75% o número de leitos de unidade semi-intensiva no Icam

SUSAM amplia em 75% o número de leitos de unidade semi-intensiva no Icam

ESTOQUE de SANGUE do Hemoam sofre com queda de 60% de doadores

ESTOQUE de SANGUE do Hemoam sofre com queda de 60% de doadores

POLICIAIS do 8º BPM detém um homem por ameaça no município de Tabatinga

POLICIAIS do 8º BPM detém um homem por ameaça no município de Tabatinga

Wilson Lima destaca papel do setor produtivo na recuperação da economia

Wilson Lima destaca papel do setor produtivo na recuperação da economia

Óbitos por Covid-19 no Amazonas continuam em queda

Óbitos por Covid-19 no Amazonas continuam em queda

Curta Nossa Fanpage

Fique Ligado

PSB deve apoiar José Ricardo

PSB deve apoiar José Ricardo

29 de julho de 2020
Prefeitura seleciona candidatos para 20 vagas de emprego nesta sexta-feira, 28/2

Prefeitura seleciona candidatos para 20 vagas de emprego nesta sexta-feira, 28/2

27 de fevereiro de 2020
JUNTA COMERCIAL do Amazonas está entre as dez mais rápidas do Brasil na abertura de empresas

JUNTA COMERCIAL do Amazonas está entre as dez mais rápidas do Brasil na abertura de empresas

12 de julho de 2020
Internos do Compaj recebem vitamina C como prevenção ao coronavírus

Internos do Compaj recebem vitamina C como prevenção ao coronavírus

22 de março de 2020