‘Petrobras está saindo do Amazonas porque sempre teve prejuízo com o monopólio da Cigás’, diz Josué

 

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Josué Neto afirmou nesta segunda-feira (29), que a Petrobras está saindo do Amazonas porque sempre teve prejuízo em relação ao monopólio da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) e uma função social, onde sempre explorava o gás na Bacia do Urucu e entregava para companhia de serviços públicos.

“A Petrobras sempre teve prejuízo no Amazonas. Em alguns Estados a Petrobras ganha dinheiro, em alguns estados a Petrobras ganha pouco dinheiro e em outros estados ela perde pouco dinheiro, mas no Estado do Amazonas ela perde muito dinheiro porque suas operações são subsidiadas e ela paga para trabalhar no Amazonas isso há muitos anos”, afirmou o parlamentar.

Segundo Josué, nos últimos dois anos (2018 e 2019), “a Cigás não investiu um real na capital amazonense, ou seja, a empresa não explora o gás, nem muito menos tem interesse de explorar o gás do Amazonas”. Ele reforçou que já abriu mão da lei que seria resultado do projeto de sua autoria e disse que aguarda o Governo do Estado enviar uma nova proposta de lei ao Parlamento.

“Precisamos fazer com que os serviços continuem sendo prestados e a partir da Lei do Gás, não mais aquela lei que eu apresentei em março nesta Casa, isso é passado, já passou, a página já virou. Tem muita gente querendo criticar o Josué por causa da minha lei, não, no final o objetivo é de abrir o mercado. Minha lei é apenas um detalhe. Mas que venha do Executivo, a partir dessa Comissão que ele criou, a lei para abrir o mercado porque agora mais do que nunca, com a saída da Petrobras, vai obrigatoriamente abrir o mercado”, explicou o presidente do Poder Legislativo do Amazonas.

Benefícios
Josué também destacou que abrir o mercado do gás é deixar que novas empresas distribuam o gás no Amazonas, gerem novos empregos, invistam e paguem impostos, claro, que sejam revertidos nos setores públicos do Estado, principalmente nas áreas da saúde, segurança e demais áreas.

“Temos gás em mais 19 municípios, são 16 blocos, só que tem um bloco localizado na extensão de Urucurituba e Itacoatiara, que são dois municípios próximos. É um bloco de gás que atende dois municípios, então, o recebimento de royalties vai para os dois municípios”, disse o presidente, que ressaltou que existem mais benefícios ligados a geração da energia elétrica, gás de cozinha e a baixa dos preços de diversos produtos para a população amazonense.

Show More

Talvez você goste também

Arsepam orienta para volta do transporte fluvial entre municípios

Arsepam orienta para volta do transporte fluvial entre municípios

OPERAÇÃO ‘DARK SIDE’ Deputado federal Paulinho da Força é alvo de operação da PF

OPERAÇÃO ‘DARK SIDE’ Deputado federal Paulinho da Força é alvo de operação da PF

Governo do Amazonas realizará obras de construção e adequação de retornos na avenida Torquato Tapajós

Governo do Amazonas realizará obras de construção e adequação de retornos na avenida Torquato Tapajós

Mais de 70% dos professores aprovam aulas remotas do Governo do Amazonas durante a pandemia

Mais de 70% dos professores aprovam aulas remotas do Governo do Amazonas durante a pandemia

TCE divulga tema de palestras da Webconferência ambiental realizada na próxima sexta-feira (17)

TCE divulga tema de palestras da Webconferência ambiental realizada na próxima sexta-feira (17)

POLÍCIA MILITAR detém casal de assaltantes de micro-ônibus na zona leste

POLÍCIA MILITAR detém casal de assaltantes de micro-ônibus na zona leste

Curta Nossa Fanpage

Fique Ligado

MPE-AM recorre de decisão que inocentou acusados de estupro coletivo de adolescente de 15 anos

MPE-AM recorre de decisão que inocentou acusados de estupro coletivo de adolescente de 15 anos

30 de janeiro de 2020
Prefeitura cria ferramenta para avaliar indicadores do projeto ‘Aula em Casa’

Prefeitura cria ferramenta para avaliar indicadores do projeto ‘Aula em Casa’

29 de abril de 2020
Assembleia Legislativa do Amazonas higieniza ambientes e equipamentos

Assembleia Legislativa do Amazonas higieniza ambientes e equipamentos

13 de abril de 2020
Águas de Manaus: Muda o nome mas a qualidade do serviço continua péssimo

Águas de Manaus: Muda o nome mas a qualidade do serviço continua péssimo

27 de janeiro de 2020