ABRANGÊNCIA QUALIDADE E ACESSO DE DADOS colocam AM no topo de ranking de transparência

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Estado aparece em primeiro lugar no Índice de Transparência da Covid-19, da Open Knowledge Brasil

A abrangência, a qualidade e o amplo acesso dos conteúdos disponibilizados pelo Governo do Amazonas sobre a pandemia causada pelo novo coronavírus garantiram ao estado o primeiro lugar no Índice de Transparência da Covid-19, da Open Knowledge Brasil (OKBR). No levantamento, que avalia a qualidade dos dados e informações relativos à pandemia, o Amazonas aparece com 97 pontos, na classificação “Alto” em transparência.

No Boletim Semanal do Índice de Transparência da Covid-19 divulgado na sexta-feira (10/07), disponível no site https://transparenciacovid19.ok.org.br, em avaliação de zero a 100 pontos, o Amazonas se destacou ao elevar sua pontuação para 97 pontos, atingindo a classificação “Alto”. O ranking mostra o estado em empate com o Espírito Santo.

Para o controlador-geral do Estado, Otávio Gomes, o resultado positivo mostra o compromisso do Governo do Amazonas em garantir transparência em todos os seus atos.

“O Governo do Estado preza pelo aprimoramento constante da disponibilização dos dados ao cidadão amazonense. Esse é o compromisso do governador Wilson Lima e do vice-governador Carlos Almeida com a população. É um trabalho que conta com a atuação dos órgãos de saúde e de transparência. Buscamos alcançar o primeiro lugar na transparência”, informou o controlador.

Ranking – O levantamento utiliza três dimensões principais em sua metodologia: Conteúdo, Granularidade e Formato. Em Conteúdo, são considerados itens como idade, sexo e hospitalização dos pacientes confirmados, além de dados sobre a infraestrutura de saúde, como ocupação de leitos, testes disponíveis e aplicados.

Em Granularidade, é avaliado se os casos estão disponíveis de forma individual e anonimizada, bem como o grau de detalhamento sobre a localização (por município ou bairro, por exemplo). E, em Formato, consideram-se como pontos positivos a publicação de painéis analíticos, planilhas em formato editável e séries históricas dos casos registrados.

vitoria aguilero

vitoria aguilero

Assine a nossa newsletter

Clique no botão editar para alterar este texto.