Fundação CECON realiza dia de conscientização sobre Cuidados Paliativos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), unidade vinculada à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), realiza, nesta quarta-feira (14/10), um dia de conscientização sobre os Cuidados Paliativos. O serviço, que é oferecido aos pacientes e seus familiares na instituição desde 1997, comemora, em outubro, o Dia Mundial dos Cuidados Paliativos para reforçar a importância desta área da medicina.

O cuidado paliativo está associado ao cuidado destinado a pessoas com quadros de incurabilidade, doenças que ameaçam a vida, e baseia-se em princípios que envolvem tanto a questão ética quanto moral, de acordo com a médica anestesiologista, paliativista e chefe do Serviço de Terapia da Dor e Cuidados Paliativos (STDCP) da FCecon, Mirlane Cardoso. Este tipo de medicina pode ser ofertada a partir do diagnóstico de qualquer doença que ameace a vida, associado ou não à terapia curativa.

Conscientização – Todos os anos, no segundo sábado de outubro, a organização internacional não-governamental The Worldwide Hospice Palliative Care Alliance (WHPCA), que se concentra no desenvolvimento dos Cuidados Paliativos e Hospices no mundo, realiza ações para conscientizar a população sobre o Dia Mundial dos Cuidados Paliativos.

“Neste ano, o tema é ‘Meu cuidado, meu conforto’ para chamar atenção para todas as necessidades das pessoas que foram afetadas por uma doença que limita a vida e sua família, e, desta forma, chamar atenção da sociedade para a necessidade de priorizar políticas e serviços de cuidados paliativos que só poderão ser conduzidos por uma equipe multiprofissional”, afirma Mirlane Cardoso.

Na FCecon, a ação ocorre nesta quarta-feira, com um dia de conscientização sobre os Cuidados Paliativos, para mostrar aos familiares, acompanhantes e profissionais da saúde a importância que o serviço tem no tratamento oncológico.

“Este é um dia de educação, conscientização e sensibilização dos Cuidados Paliativos. Trata-se de uma medicina nova, que compartilha as decisões do tratamento tanto com a família quanto com o paciente. Estamos fazendo esse dia de orientação sobre o que é o Cuidado Paliativo com pacientes e seus familiares e com os profissionais de saúde. Como é um tema novo, uma medicina solidária nova no Brasil, a gente também precisa educar quem cuida”, afirma Cardoso.

A conscientização ocorre com abordagem aos pacientes e acompanhantes no Ambulatório da Fundação e também com orientação aos profissionais de saúde da instituição que atuam especialmente nas enfermarias da unidade.

O serviço – O serviço de Cuidados Paliativos é oferecido na FCecon desde 1997 e hoje conta com enfermaria na instituição, Ambulatório de Dor, Ambulatório Pós-Luto e atendimento domiciliar.

O STDCP oferece aos pacientes oncológicos consultas com anestesistas especializados no tratamento da dor, responsáveis pelo controle efetivo dos sintomas desconfortantes que a doença avançada traz.

O tratamento aborda também, com a mesma importância, outras dimensões, como o sofrimento e as questões espirituais, sociais, emocionais e psicológicas. Por isso, além dos anestesistas, a equipe do STDCP conta com médicos clínicos, psicólogos, capelã, fisioterapeuta, assistente social, enfermeiro e técnicos de enfermagem.

Alessandro Fernandes

Alessandro Fernandes

Assine a nossa newsletter

Clique no botão editar para alterar este texto.