Manaus:

NÃO HÁ VIDA SEM SONHO

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Desde garoto vivo motivado pela utopia de um mundo justo e fraterno. Isto tem desenvolvido minha melhor parte humana. Viver sem sonhar seria impensável; viver sem lutar pela realização de nossos sonhos seria insuportável.
Todo ser humano sonha e luta. Ao sair para o trabalho, o sonho é de uma vida digna; ao ter filhos, o sonho é da felicidade desses filhos; e por aí se vai construindo a vida.
E para os que resolveram abandonar os sonhos e enveredar pela distopia ? Desistiram da vida, por lamentável que seja, pois não é possível viver sem sonhar.
Aos que perderam a perspectiva do amor e da ternura, a vida se tornou líquida e se esvaiu por entre os dedos.
Como olhar para o filho e dizer que desistiu da felicidade, da construção do amor e que seu coração só guarda agora o rancor, a vingança, o ódio ? Não dá. Quem o conseguirá fazer, será com as lágrimas invisíveis da tristeza e do autofragelo. A renúncia dos sonhos é o fim da vida.

Alessandro Fernandes

Alessandro Fernandes

Assine a nossa newsletter

Clique no botão editar para alterar este texto.