Manaus:

Dedé Boteco participa do concurso “O QUILO é NOSSO” com prato português readaptado a gastronomia amazônica

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O prato é uma releitura da gastronomia amazônica com uma pegada regional e ingredientes locais

A criação deste prato foi do chef Dedé Parente e o chef João Almeida, sendo uma releitura de um prato português, adaptado para a gastronomia amazônica com uma pegada regional e ingredientes locais. O Dedé Boteco, localizado no Amazonas Shopping, na avenida Djalma Batista, Chapada, está participando do concurso “O Quilo é Nosso” da Abrasel, que começou desde ontem, 20, e vai até o dia 30 deste mês. O prato participante foi batizado de “Bacalhau do Boteco”.
Para o chefe Dedé Parente é muito importante participar desses concursos e continuar levando o nome da gastronomia local para o Brasil, principalmente nesse momento em que estamos, com toda essa dificuldade de convivência. O festival “O Quilo é nosso” está em sua quarta edição, sendo que nas duas primeiras tivemos o Amazonas vencedor em primeiro lugar, estou bem entusiasmado em poder levar este ano e fazer bonito com o Amazonas a frente. Afinal de contas tenho muito orgulho da composição e riqueza da nossa gastronomia.
A receita leva legumes e ingredientes que são usados no dia a dia dos amazonenses como: cebola, batata, cenoura, pimentão, alho, azeitonas pretas e verdes, tudo regado a muito azeite, com lascas de bacalhau e para finalizar um creme de bechamel, que é um creme branco com a base de leite de côco, gratinado.
Como votar?
Nesta primeira etapa do concurso cliente participa votando no prato “Bacalhau de Boteco”, acessando o site www.oquiloenosso.com.br, em seguida clica na aba dos restaurantes do Amazonas e realiza um breve cadastro com seu nome, email e cpf e já pode registrar seu voto. Como validado em 2019, este ano o peso da decisão será dividido entre voto popular e júri técnico. A novidade é que nos critérios avaliados foi incluído um item de extrema importância devido ao atual contexto: “adequação às normas de prevenção à COVID-19”, além deste, continuam sendo avaliados pelo ambiente, atendimento, limpeza, qualidade geral do buffet e receita, sendo que este último critério tem peso dobrado na nota final.

Rosana Carvalho

Rosana Carvalho

Assine a nossa newsletter

Clique no botão editar para alterar este texto.