Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Notícias

JUSTIÇA nega pedido de pagamento de Insalubridade a policiais e bombeiros militares

O Sargento Pereirinha, líder classista, Presidente da Associação ASSPBMAM,
vem a público manifestar REPUDIO à decisão judicial proferida pelo juiz da 5a Vara da Fazenda Pública do Estado do Amazonas, que negou pedido da Associação ASSPBMAM, considerando a calamidade pública, que requereu amparo da justiça para determinar que o Estado reconhecesse a vulnerabilidade da tropa à contaminação, e desta forma pagasse o adicional de INSALUBRIDADE aos policiais e bombeiros militares, para que estes consigam comprar equipamentos e remédios e desta forma se proteger da doença, situação amparada em legislação estadual.
Na contramão da realidade social, a decisão judicial, além de negar o pedido; ainda condenonu a Associação ASSPBMAM ao pagamento de R$ 4.000,00 pelas custas do Processo.
Repudiamos de forma veemente esse tipo de decisão. Por não reconhecer o valor do Policial Militar que todos os dias estão nas Ruas de Manaus trabalhando na pandemia, arriscando suas vidas. Fato que infelizmente já levou a perda de mais de 150 vidas de Policias e Bombeiros militares; sendo 53 Policiais e Bombeiros militares falecidos só nos últimos 45 dias.
A justiça tem que reconhecer o valor social do policial militar d bombeiro militar.

Sargento Pereirinha – Presidente da Associação ASSPBMAM

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Você pode gostar!

Notícias

Trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em dezembro podem sacar, a partir de hoje (20),...

Notícias

MANAUS – Relação extraconjugal e o desvio de R$ 200 mil são os motivos apontados pela Polícia como motivação para a execução do militar...

Notícias

A Prefeitura de Manaus, por meio do Sine Manaus, oferta 7 vagas de emprego voltadas às áreas de Tecnologia e Inovação, nesta terça-feira, 21/9,...

Notícias

As considerações duras do ministro Falcão, ao final do julgamento que começou de manhã e só acabou no final da tarde desta segunda-feira,  20,...