Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Polícia

AMAZONAS SOFRE Violência das facções e pandemia atormenta população em todo o estado

Violência no Amazonas
Violência no Amazonas

A violência causada pelas facções criminosas e pela pandemia que mata e enluta famílias está atormentando a população em todo o estado do Amazonas. Nas últimas 48 horas, a pandemia matou mais de 60 pessoas e a violência urbana, outras dez.

O Manauara em especial sofre mais, por conta da concentração natural da maioria quantidade populacional. Mas, no interior, as coisas não estão muito diferentes e em praticamente todos os municípios as facções tomam conta de territórios e ditam suas próprias regras.

Em Manaus, no último final de semana e início desta, oito pessoas foram mortas pela polícia, em ações contra as facções criminosas que audaciosamente afrontam o estado.

A Rocam, braço forte da Polícia Militar, tem respondido à altura os ataques e ameaças das facções, mas não consegue conter o avanço do crime organizado no Amazonas.

FALTA POLÍTICA PÚBLICA

A violência quase que generalizada em Manaus e na maioria dos municípios, mostra certo despreparo e falta de estratégias para o combate eficaz do crime organizado.

O governo não tem ou ao menos parece não ter um plano de ação para o combate às facções criminosas que tomam espaço nas comunidades, onde o poder público não consegue chegar ou administrar.

PRÓPRIAS LEIS

Com a deficiência no combate eficaz, o crime organizado impõem as suas próprias leis, aplicando toque de recolher, cobrança de pedágio e, em alguns casos, ‘vendendo’ segurança aos moradores na periferia de Manaus.

PANDEMIA Enquanto isso, a pandemia avança em todo o estado e mata mais pessoas, enluta as famílias e atormenta a vida do cidadão.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Você pode gostar!

Notícias

Uma mulher que ainda não foi identificada tirou a vida da própria irmã, na região metropolitana de Manaus, município do Careiro da Várzea, distante...

Polícia

Macapá- Uma criança identificada como Ana Júlia Pantoja, de 5 anos, morreu no fim da tarde de quarta-feira (15, após levar um tiro na...

Flagrantes da Política

Arthur Neto (PSDB), com 3,5; Coronel Menezes, com 2,1, Omar Aziz com 2,1 e Chico Preto com 0,7 são os nomes mais citados na...

Polícia

Juliana Alves de 15 anos, foi morta a tiros na frente da mãe no bairro Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus. O crime...