Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Notícias

Interdição na Djalma Batista prejudica comércio no Vieiralves e Associação pede celeridade nas obras

A Associação dos Empresários do Vieiralves (AEV) pede celeridade à Prefeitura de Manaus nas obras de manutenção da Avenida Djalma Batista, que foi interditada nesta quinta-feira (18). A interdição afeta diretamente o comércio na região que concentra mais de 3 mil e 600 estabelecimentos comerciais de produtos e diversos serviços no Vieiralves e adjacências.

“Temos milhares de comerciantes sendo prejudicados, pois os clientes encontram dificuldades para acessar a área, o que é um grande prejuízo econômico para quem já sofre com os impactos da pandemia”, destacou Adlinez Moreno, presidente da AEV.

A presidente também solicita a presença de agentes do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), para acompanhamento na região, orientando os motoristas sobre o melhor trajeto. “Uma das principais opções de acesso é através da Rua Maceió (subindo ou descendo), Avenida Paraíba e Recife, indo direto pela Avenida João Valério – Ponta Negra, descer o Vieiralves, onde é possível retornar por todas as transversais e subir a Rua Pará”, orienta.

Com a reivindicação, os comerciantes pedem que o problema seja resolvido o mais breve possível, para que a região volte a ser acessível e os estabelecimentos não sejam ainda mais prejudicados.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

Polícia

O cabelereiro Dayene João de Araújo Barbosa, 38 anos, foi morto a tiros na noite deste domingo (21), na Rua Santa Helena, bairro Zumbi,...

Brasil

Segundo a Comissão de Direitos Humanos da OAB-RJ, agentes teriam depredado o local e feito pichações com referências à milícia.

Economia

As autoridades alfandegárias da China disseram nesta terça-feira (23) que aceitarão pedidos de importação de carne bovina brasileira que tenha recebido certificado sanitário antes...

Tabatinga

Ao todo, o atual Governo destinou, entre obras concluídas e em execução, R$ 36,7 milhões para infraestrutura do município.