Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Mundo

EUA retomam assistência a palestinos e darão US$ 235 milhões em ajuda

O governo dos Estados Unidos anunciou que planeja fornecer 235 milhões de dólares em ajuda aos palestinos, reativando fundos para a agência de refugiados das Nações Unidas e restaurando outras formas de assistência suspensas pelo então presidente Donald Trump.

O pacote, que inclui ajuda humanitária, econômica e para o desenvolvimento, foi detalhado pelo secretário de Estado, Anthony Blinken, como parte de um esforço para consertar os laços dos Estados Unidos com os palestinos, que quase se romperam durante a gestão de Trump.

Ele marca a medida mais significativa do presidente democrata Joe Biden, desde que tomou posse, em 20 de janeiro, no que diz respeito à promessa de anular alguns componentes da abordagem de seu antecessor republicano que os palestinos criticaram por considerarem altamente favoráveis a Israel.

O plano prevê 150 milhões a serem canalizados pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur), 75 milhões de dólares de assistência norte-americana para economia e desenvolvimento e 10 milhões de dólares para programas de fomento da paz.

O novo governo já havia prometido reativar centenas de milhões de dólares de assistência e trabalhar pela reabertura da missão diplomática dos palestinos em Washington.

Por Agência Brasil

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

Economia

Cerca de 22 milhões de brasileiros recebem, neste ano, o abono salarial, com valor total de mais de R$ 20 bilhões, segundo o Ministério...

Esporte

Entre as mulheres o país domina com seis indicações e é favorito a vencer nas duas categorias.

Brasil

No veículo estavam um casal, o filho mais velho, de 6 anos, a caçula, de 3, e o motorista, parente da família; os cinco...

Notícias

O prefeito David Almeida anunciou a contratação de 500 profissionais de saúde para ajudar e tentar controlar o avanço do Covid-19 em Manaus e...

Publicidade