Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Saúde

Maternidade Moura Tapajóz recebe profissionais do programa de residência em Enfermagem Obstétrica

A Maternidade Dr. Moura Tapajóz (MMT), da Prefeitura de Manaus, recebeu na quarta-feira, 7/4, 12 profissionais do programa de residência em Enfermagem Obstétrica da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), coordenado pela professora Maria Suely de Sousa Pereira.

Os residentes foram recepcionados pela diretora da unidade, enfermeira obstetra Núbia Cruz; pelo gerente de enfermagem Everton de Freitas Gomes; e pela responsável pelo Núcleo de Educação Continuada e Permanente da maternidade, enfermeira Glenda Amorim.

“Ficamos muito felizes e orgulhosos de receber esse grupo de profissionais, que, tenho certeza, vão aprender e nos ensinar muito no período em que estiverem na Moura Tapajóz. Aqui, eles terão todas as condições e todo suporte tanto da equipe técnica quanto da gestão para desenvolverem seu potencial”, enfatizou Núbia Cruz.

Durante o acolhimento, foi ressaltada a necessidade de padronização do atendimento por meio do Protocolo Assistencial de Parto e Nascimento, documento que apresenta orientações sobre as práticas recomendadas no momento do parto e nascimento, segundo o preconizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS); pelo Ministério da Saúde, por meio da Rede Cegonha; e pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec) e que respalda a atuação do enfermeiro obstetra na assistência.

Núbia Cruz também destacou que estamos vivendo um período muito complicado na Saúde Pública, com significativas perdas e limitações em razão da pandemia. “No entanto, apesar das dificuldades, temos que seguir avançando e qualificando a assistência, sempre pautados pelas mais recentes evidências científicas e seguindo todos os protocolos de segurança”, afirmou a diretora.

Segundo o Portal de Boas Práticas da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a atuação da enfermagem obstétrica tem sido fundamental para qualificação do cuidado, pois está associada à redução de intervenções desnecessárias, incluindo a cesariana. Por isso, hoje, o potencial da enfermagem obstétrica para melhorar a qualidade do cuidado já é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e é parte do modelo de assistência ao parto e nascimento preconizado pela entidade.

Em 2020, a Moura Tapajóz promoveu o “1° Curso de Aperfeiçoamento para Enfermeiros Obstetras” realizado pela iniciativa local em toda a região Norte. O curso aconteceu em parceria com a Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras do Amazonas (Abenfo-AM), Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e teve o objetivo de reforçar as práticas baseadas em evidências científicas no cuidado obstétrico e neonatal, fortalecendo a iniciativa para a mudança do modelo assistencial por meio da inserção de enfermeiros obstetras.

“Agora, com a chegada dos enfermeiros obstetras residentes, damos mais um passo para implementação efetiva da prática na Moura Tapajóz”, assegurou o gerente de enfermagem Everton de Freitas Gomes. “Sempre destacando que o enfermeiro obstetra atua no cenário de parto de risco habitual, ou seja, de baixo risco, não excluindo a figura do médico da assistência”, explicou o gerente.

A diretora da MMT, Núbia Cruz, destacou que a presença dos enfermeiros obstetras complementa o cuidado nessas situações, e, ao mesmo tempo, otimiza a assistência nos outros casos de maior complexidade, em que a assistência especializada do médico obstetra se faz imprescindível. “No próximo concurso realizado pela Prefeitura de Manaus, já haverá vagas previstas especificamente para enfermeiros obstetras, o que reforçará ainda mais o trabalho que está sendo desenvolvido na Moura Tapajóz”, completou.

— — —

Texto – Marcella Normando / Semsa

Fotos – Divulgação/MMT

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

Destaque

Uma facção criminosa que atua na cidade de Manaus, fez postagens em um app de bate papo, dizendo que já teria avisado a Romarinho...

Notícias

Durante a despedida do cantor de forró Romário Jesus de 27 anos, um amigo da vítima foi executado a tiros quando fazia uma transmissão...

Notícias

Segundo o relato do próprio Emanuel. A gente passou no eldorado na praça do caranguejo e paramos pra comprar minha água tônica, o Júnior...

Notícias

Uma mulher que ainda não foi identificada tirou a vida da própria irmã, na região metropolitana de Manaus, município do Careiro da Várzea, distante...