Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Política

Tony Medeiros quer implantar prazos para emissão de licenciamentos ambientais no AM

O deputado denunciou que órgãos ambientais demoram um ano pra emitir a licença

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) vai ter prazos estabelecidos para conceder licença ambiental para os empreendimentos que necessitarem desse documento em todo o Estado do Amazonas. Pelo menos isso é o que determina o Projeto de Lei do Deputado Tony Medeiros, apresentado durante Sessão da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (14).

Pela proposta do deputado o órgão ambiental tem um prazo de 30 dias para projetos de baixo impacto, 60 dias para o de médio impacto e 90 dias para projetos de alto impacto ambiental. De acordo com Tony, com essa Lei cai por terra, um dos grandes entraves para o desenvolvimento do Estado que é o licenciamento ambiental.

“Obter o licenciamento, na maioria das vezes é um verdadeiro Calvário, por isso apresento o meu primeiro Projeto de Lei após 21 dias depois de assumir o mandato de deputado, com o objetivo de destravar o setor primário e o desenvolvimento econômico do Amazonas ”, complementou o deputado.

Ainda segundo o parlamentar os órgãos de controle ambiental possuem uma estrutura tecnológica capaz de vigiar todo o Estado, mas não a utiliza no momento de conceder o licenciamento. “Ora senhores, no momento de punir a estrutura tecnológica funciona muito bem. Só não funciona quando é para ajudar os empreendimentos, principalmente os pequenos empreendedores rurais”, ressaltou Medeiros.

Tony Medeiros fez questão de deixar claro que não é contra o controle das questões ambientais, no entanto, é preciso que se destrave o processo de licenciamento em todo o Estado para que a população possa experimentar um novo momento de desenvolvimento. “Dizem por aí que os órgãos ambientais vendem dificuldades para colher facilidades. Espero que isso não seja verdade, porém precisamos de novos procedimentos sobre essas questões”, salientou.

O deputado citou a região Sul do Amazonas como uma área aonde é preciso um ter um olhar diferenciado. “Naquela região existem empreendedores rurais que são tratados como bandido, mas são trabalhadores de bem que querem desenvolver os seus empreendimentos, por isso estou apresentando esse meu primeiro Projeto de Lei voltado para a melhoria da qualidade de vida do povo do Amazonas”, concluiu Tony Medeiros.

Projeto

O projeto foi apresentado nesta quarta-feira na Aleam e será encaminhado para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) do Parlamento. Após aprovada, será encaminhada às comissões ligadas ao setor primário e ambiental antes de ir a votação no plenário da Casa Legislativa.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

Notícias

Um vídeo que circula pelas redes sociais, mostra o momento em um suposto assaltante é espancado dentro de uma canoa e logo após é...

Notícias

Manaus/AM – Um detento do regime semiaberto, suspeito de assalto, foi linchado na noite desta segunda-feira (11), na rua São Nicolau do bairro Colônia...

Celebridades

Isabela Brito Guerra foi acusada de se aproveitar da amizade que tinha com o casal para aplicar golpe.

Brasil

Dados são da Pesquisa Industrial Mensal divulgada pelo IBGE Apresentando sinais de recuperação de impactos da pandemia de Covid-19 na economia, o Amazonas se...