Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Amazonas

ITACOATIARA | Família do prefeito Mário Abrahim acusada de oprimir e ameaçar opositores da administração

Alguns parentes do prefeito de Itacoatiara, Mário Abrahim (PSC), que não têm cargo oficial na Prefeitura local, estão se comportando como “donos da cidade”. O filho, Thiago, participa de todas as licitações presenciais e comanda o contato com empresários. O irmão, Chibly, Abrahim, é uma espécie de fiscal de rua, atacando todos os que se opõem à gestão. Foi assim ontem à noite, quando ele agrediu e tomou o celular do auxiliar administrativo Jhonny Martins, que registrava a coleta irregular do lixo hospitalar, que era realizada pela Secretaria de Infraestrutura local.

A “administração familiar” é voz corrente em Itacoatiara e ficou ainda mais visível depois que a Prefeitura decidiu romper unilateralmente com a empresa Estrela Guia, que fazia a coleta de lixo da cidade desde o ano passado e teria contrato vigente até 2023 pelo menos. A iniciativa gerou uma série de transtornos. Um dos mais visíveis foi o acúmulo de lixo hospitalar no Hospital Regional José Mendes.

Ontem a Secretaria de Infraestrutura, à frente o subsecretário Nonato Belo, decidiu retirar o lixo acumulado no hospital, mas o fez sem equipamentos de proteção para os trabalhadores e de forma inapropriada, sem separar o material tóxico do convencional, o que vai acabar gerando problemas no lixão local ou no momento da reciclagem, colocando em risco a saúde da população (foto acima).

Martins foi designado pela Estrela Guia para registrar as irregularidades cometidas na coleta, com o objetivo de evitar qualquer problema para a empresa junto às autoridades de fiscalização. Neste momento Chibly Abrahim chegou e tomou o celular, entrando em seguida em uma caminhonete e saindo do local, sem devolver o aparelho ao funcionário, que ainda foi hostilizado e ameaçado por uma mulher que estava com Belo. Este a retirou do local antes que agredisse o rapaz. (veja todas as imagens no vídeo abaixo).

O caso foi registrado por Martins no Distrito Integrado de Polícia local, conforme Boletim de Ocorrêcia que você confere ao final da portagem.

Os trabalhadores usados na coleta não têm nenhuma segurança jurídica, já que a Prefeitura não lançou processo seletivo nem concurso público.

A Prefeitura até agora não se manifestou oficialmente nem sobre o rompimento com a Estrela Guia, nem sobre as irregularidades que vem comentendo.

Fonte: Blog do Hiel Levy

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Manaus:

Facebook

Você pode gostar!

Polícia

Júlia Renata Garcia Rafael, de 26 anos e Cláudia Cristina Pinto, de 35 anos, estão desaparecidas desde a semana passada. As jovens, que são...

Saúde

A Prefeitura de Manaus avança na vacinação contra a Covid-19, da população em geral (pessoas sem doenças preexistentes e não pertencentes a grupos prioritários) e passa...

Celebridades

Sabrina Sato publica vídeo imitando dança de Ruivinha de Marte Anny Bergantin, mais conhecida como “Ruivinha de Marte”, está fazendo sucesso na internet com...

Notícias

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), informa que a denúncia feita pelo casal que aparece em vídeos no...