Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Notícias

CPI DA PANDEMIA | Combate à covid-19 passou por aumento de leitos após primeira onda, diz Campêlo

Em depoimento realizado nesta terça-feira (15), o ex-secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo, afirmou a CPI da Pandemia que o número de leitos no estado foi ampliado após a primeira onda da covid-19, em abril e maio de 2020.

O ex-secretário disse que o estado sofreu com a falta de recursos humanos e de UTIs nas cidades do interior. O senador Eduardo Braga (MDB-AM) interrompeu a fala de Campêlo e lembrou que o governo estadual contratou um hospital de campanha privado mesmo tendo espaço no Hospital Delphina Aziz para novos leitos.

“Não aumentaram as áreas de UTI e os hospitais de campanha foram fechados entre a 1a e a2a onda”.

Acompanhe os outros depoimentos dados pelo ex-secretário Marcellus Campêlo

11:22 – Campêlo diz que falta de oxigênio durou dois dias; Eduardo Braga rebate

O ex-secretário de Saúde do Amazonas afirmou que a falta de oxigênio no Estado durou dois dias, entre 14 e 15 de janeiro. A declaração causou revolta do senador Eduardo Braga (MDB-AM). “Não aguento mais. Pazuello veio e mentiu, Elcio mentiu. E agora o secretario vem mentir”, disse o emedebista. O líder do MDB no Senado pediu que fosse exibido um vídeo com relato de familiares de vítimas em fila para buscar o insumo no dia 26 de janeiro.

11:10 – Campêlo contradiz versão apresentada por Pazuello 

Em seu depoimento à CPI da Covid-19, o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello disse que teve conhecimento do problema da falta de oxigênio no Amazonas na noite do dia 10 de janeiro. Nesta terça-feira, 15, Marcellus Campêlo afirmou que ligou para o general do Exército no dia 7 de janeiro. No mesmo dia, por volta das 23h45, o órgão enviou um primeiro ofício ao Ministério da Saúde, no qual solicitavam apoio logístico para suprir a demanda. Segundo o ex-secretário de Saúde do Estado, também foram enviados documentos à pasta nos dias 9, 11, 12 e 13 de janeiro.

11:00 – Campêlo pediu ajuda a Pazuello sobre falta de oxigênio 

O ex-secretário de Saúde do Amazonas Marcellus Campêlo afirmou que ligou para o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello no dia 7 de janeiro para pedir a ajuda sobre a falta de oxigênio no Estado. A secretaria também enviou ofícios ao Ministério da Saúde nos dias 9, 11, 12 e 13 de janeiro. “Não houve resposta, que eu saiba”, disse Campêlo. “A partir do dia 10 da janeiro tratei diretamente com Pazuello”, acrescentou.

10:53 – ‘Quando Vossa Senhoria fala, não parece que o Amazonas viveu o subsolo do inferno’, diz senador

O senador Eduardo Braga (MDB-AM) interrompeu o ex-secretário de Saúde para questionar as declarações do ex-secretário de Saúde do Amazonas. O emedebista afirmou que não houve “desmonte do setor público”, porque, segundo ele, sequer houve “montagem”. Ele citou o fato de o Estado ter contratado um hospital de campanha privado quando o hospital Delphina Aziz, da rede pública, tinha três andares sem operação. “Pegaram áreas de depósito e transformaram em área de UTI. Não aumentaram em um metro quadrado a área de UTI. Quando Vossa Senhoria fala, parece que o Amazonas não viveu o subsolo do inferno. É preciso começar a falar a verdade”, disse Braga.

10:45 – Secretaria de Saúde foi alertada de crescimento de casos de Covid-19 em setembro de 2020

O ex-secretário de Saúde do Amazonas afirmou que foi alertado, na segunda quinzena de setembro, sobre o crescimento no número de internações na rede privada do Estado. À época, foi elaborado o plano de contingência que previa, como pior cenário, o pico da primeira onda. Em dezembro, percebeu-se “algo diferente”, com aumento de internações e casos mais graves, relatou Campêlo.

10:23 – Mayra Pinheiro foi recebida em 4 de janeiro e insistiu em defesa de tratamento ineficaz

Marcellus Campêlo afirmou, em sua exposição inicial, que a secretária de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, foi recebida no Amazonas no dia 4 de janeiro. De acordo com o ex-secretário de Saúde do Estado, a servidora, conhecida como “capitã cloroquina”, deu “ênfase” no tratamento precoce. “O governador participou dessa reunião. Está tudo registrado pela imprensa. Vimos ênfase da doutora Mayra no tratamento precoce e sobre a disponibilização do TrateCov”, disse.

10:08 – Senadores vão votar quebras de sigilo de farmacêuticas e do empresário Carlos Wizard

Antes do início da sessão, o vice-presidente da CPI da Covid-19, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), afirmou que a comissão vai vai votar, na quarta-feira, 16, pedidos de quebra de sigilo das farmacêuticas EMS e Apsen e do empresário Carlos Wizard.

10:02 – Marcellus Campêlo inicia sua exposição inicial 

Ex-secretário de Saúde do Amazonas inicia seu depoimento à CPI da Covid-19. Ele terá até 15 minutos para fazer uma exposição. Na sequência, o relator, Renan Calheiros (MDB-AL), fará as primeiras perguntas da sessão.

09:59 – Convocação de Osmar Terra é transformada em convite 

Omar Aziz informou que a convocação do deputado federal Osmar Terra (MDB-RS) foi transformada em convite. De acordo com o presidente da CPI da Covid-19, a decisão foi tomada após um pedido feito pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). Como convidado, Terra não é obrigado a comparecer nem de prestar juramento de dizer a verdade.

09:50 – Aziz anuncia que negou pedido de Carlos Wizard para realização de depoimento virtual 

Omar Aziz afirmou, há pouco, que negou o pedido feito pelos advogados de Carlos Wizard, convocado para depor na quinta-feira, 17. A defesa do empresário solicitou que o depoimento fosse feito por via remota. Caso ele não compareça, a CPI da Covid-19 deve solicitar a condução coercitiva ou a retenção de seu passaporte. “Se ele não comparecer na quinta, iremos tomar as devidas providências”, disse Aziz.

09:49 – Omar Aziz abre a sessão 

Presidente da CPI da Covid-19, Omar Aziz (PSD-AM), deu início aos trabalhos desta terça-feira, 15.

Em breve mais atualizações sobre a CPI DA PANDEMIA.

*Com informações da Agência Senado e Jovem Pan

obs: Os depoimentos estão no Horário de Brasília

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

Brasil

Em vídeo enviado pelo morador que não teve o nome revelado, porém percorreu pela ‘ Baixada do Ambrósio, localizada no Porto de Santana, rua...

Notícias

A Prefeitura de Manaus publicou na edição extra do Diário Oficial do Município (DOM), na noite desta segunda-feira, 20/9, os editais do concurso da...

Notícias

Um homem conhecido apenas como ‘Dançarino’ morreu na tarde desta terça-feira (21), após ingerir dois frascos de cachaça da marca ‘corote’, na feira do...

Saúde

A Prefeitura de Manaus definiu 40 pontos de atendimento para a vacinação contra a Covid-19, que funcionarão até a próxima sexta-feira, 24/9, das 9h às 16h....