Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Notícias

Departamento de Prevenção à Violência oferece programas para cidadãos

Além de coordenar ações de repressão e combate ao crime, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) também aposta forte na prevenção da criminalidade. O trabalho é desenvolvido por meio do Departamento de Prevenção à Violência (DPV), que realiza o acolhimento do cidadão por meio de programas sociais cujo maior objetivo é alcançar a população amazonense com palestras educativas, orientações e até encaminhamento para tratamento terapêutico de dependência química.

“Nosso público-alvo é a população mais exposta, por isso trabalhamos com crianças e adolescentes e também com idosos, mulheres e pessoas em situação de vulnerabilidade tratando de temas sensíveis para orientá-los a como se proteger e, principalmente, a como buscar o apoio das autoridades, caso já seja uma vítima”, disse o coordenador do DPV, capitão da Polícia Militar, Diego Paiva.

Além de palestras, há programas de inclusão digital e campanhas realizadas todos os meses para alcançar a população, chamando atenção para assuntos como a proteção aos idosos, a violência doméstica e contra crianças e adolescentes.

“Nós trabalhamos com palestras em escolas públicas, ações de bairros, igrejas etc. Fazemos aquele mapeamento do local e verificamos as demandas que tem. Geralmente são trazidos para nós casos de tráfico de drogas, exploração sexual e abuso sexual. A equipe do psicossocial realiza o levantamento, e nós vamos até a população”, destaca o servidor João Ricardo, da equipe do DPV.

A equipe conta com mais de 20 servidores, entre estagiários, policiais, assistentes sociais e psicólogos. O departamento também realiza ajuda para as famílias dos dependentes químicos. As ações vão desde a busca por vagas em clínicas de reabilitação terapêutica até o encaminhamento a reuniões de assistência social que ajudam a lidar com o processo.

“Todo mês a gente abraça uma causa temática. Temos o Maio Amarelo, Outubro Rosa e vários outros. Como não se pode aglomerar, por conta da pandemia, nossa equipe faz a orientação em espaços públicos, terminais e na Ponte Phelippe Daou, que é um dos nossos pontos principais no Setembro Amarelo, por conta de ser um mês no combate ao suicídio”, enfatizou Ricardo.

Previne
Criado em 2003, o Programa de Redução da Violência e do uso de Narcóticos e Entorpecentes (Previne) tem como objetivo principal a formação e treinamento de pessoas para alertar sobre o uso de drogas, por meio de ações preventivas, tanto na capital como no interior do estado.

“O Previne é uma alça dentro do nosso departamento de prevenção à violência que trabalha as drogas. É realizado o mapeamento de pessoas e, principalmente, de crianças e adolescentes em situação de risco. A gente ministra cursos dependendo da localidade, e do espaço que vamos ter. Orientamos todas essas pessoas, e principalmente alertamos os professores e mestres sobre os casos”, salientou.

Dependência química
Famílias com dependentes químicos contam com apoio do Departamento de Prevenção à Violência. As ações vão desde a busca por vagas em clínicas de reabilitação terapêutica até o encaminhamento a reuniões de assistência social que ajudam a lidar com o processo.

O primeiro passo é dado pela família e pelo próprio paciente, ao procurar a Secretaria, explica a assistente social do Departamento de Prevenção, Shirlene Souza. A partir daí, é feita uma triagem para iniciar os procedimentos. Não são realizadas internações compulsórias. Ou seja, para que o paciente seja internado, ele precisa estar de acordo. Caso concorde, uma equipe do DPV o acompanha ao local da internação, aguarda a acolhida pela clínica e faz o monitoramento no decorrer do tratamento, bem como o acompanhamento da família.

Os atendimentos do DPV são exclusivamente presenciais, das 8h às 17h, na sede da SSP-AM, no shopping Manaus Via Norte, localizado na avenida Arquiteto José Henrique Bento Rodrigues, bairro Monte das Oliveiras, na zona norte de Manaus. O atendimento só poderá ser realizado se o paciente comparecer com um acompanhante.

(Fotos: Divulgação/SSP-AM)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

Destaque

Uma facção criminosa que atua na cidade de Manaus, fez postagens em um app de bate papo, dizendo que já teria avisado a Romarinho...

Notícias

Durante a despedida do cantor de forró Romário Jesus de 27 anos, um amigo da vítima foi executado a tiros quando fazia uma transmissão...

Notícias

Segundo o relato do próprio Emanuel. A gente passou no eldorado na praça do caranguejo e paramos pra comprar minha água tônica, o Júnior...

Cultura

O período de inscrições para a 15ª edição segue até 15 de setembro e o regulamento está disponível no site da Fetam O Festival...