Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Destaque

DENÚNCIA – Funcionária denuncia esquema de ‘rachadinha’ e diretor da TV Encontro das Águas deve ser exonerado a qualquer momento

A funcionária concursada da TV pública Rio Negro, Nauzila Cavalcante Campos, denunciou através das redes sociais o atual diretor da Fundação Televisão e Rádio Cultura Encontro das Águas, antiga TV Cultura, Oswaldo Lopes, por suspeita de “rachadinha” e outros crimes. O caso já estaria sendo investigado pelo GAECO, do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM).

A denúncia contra Oswaldo consta no protocolo 012021000023683, junto ao Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM).

Segundo nota divulgada nesta quarta-feira, 28, pela assessoria do MPE, a denúncia já consta em trâmite no Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO).
Oswaldo já vem sendo alvo de núncias, inclusive de assédio moral e sexual há pelo menos dois anos. O diretor da TV Pública teria assediado diversos trabalhadores e age como um ‘ditador’, segundo denúncias dos próprios funcionários.

O diretor pode ser preso caso as denúncias sejam comprovadas pelo MPE. O caso também afetou a imagem do governador Wilson Lima que deve anunciar a exoneração do servidor nas próximas horas.

EXONERAÇÃO
As denúncia feita por Nauzila Cavalcante, devem resultar na exoneração, a qualquer momento, do diretor Oswaldo e outro funcionário, Eder Alves, também denunciado por ela, que seria cúmplice nas ‘rachadinhas’.
A exposição das denúncias prejudicou a imagem do governador Wilson Lima que a qualquer momento deve anunciar mudanças na direção da emissora pública.

O ESQUEMA
Segundo a denúncia publicada em vídeo pela funcionária concursada da emissora e que também é advogada, Eder e Oswaldo combinavam a programação de diárias para servidores comissionados, para logo em seguida, exigir o dinheiro em espécie aos mesmos.
Nauzila afirma que Oswaldo ameaçava de demissão os trabalhadores comissionados e exigia o dinheiro em espécie, segundo ela, para não deixar vestígios de transferência bancária.

NOTA DO MPE-AM
Nesse momento, informamos – apenas – que a respeito da denúncia protocolada pela jornalista e servidora pública Nauzila Campos, de número 01.2021.00002369-3, há procedimento decorrente e corre sob sigilo. Em decorrência de sua própria fala pública, o procedimento está em trâmite no GAECO, que recebeu a notícia do fato e está na fase de análise/diligências preliminares de conhecimento da questão.

VEJA O VÍDEO COMPLETO DA DENÚNCIA:

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

ESPECIAL PUBLICITÁRIO

Por: Secretaria Municipal de Comunicação conteúdo de responsabilidade do anunciante Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que em todo o...

Polícia

Manaus/AM – A Polícia Federal deflagra na manhã desta quarta-feira (20), a Operação Vikare, que tem como alvo uma organização criminosa ligada ao tráfico...

Polícia

Equipe policial foi acionada por populares sobre suspeitos tentando assaltar um estabelecimento comercial.

Economia

Ministro da Economia afirma que falta da reforma do Imposto de Renda impede benefício permanente e que fonte de financiamento ainda não está definida.