Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Notícias

VÍDEO: PM interrompe show de MC Poze em Belém, público reage e policial atira balas de borracha

Vídeos que circulam pelas redes sociais mostram uma confusão após a interrupção pela Polícia Militar de um show do funkeiro MC Poze do Rodo em Belém, (assista acima). Um policial aparece atirando balas de borracha contra o público na ação.

As imagens mostram os policiais em cima do palco e os músicos sendo retirados. Depois disso, o público começa a jogar objetos e bebidas contra os policiais. Um deles aponta uma espingarda de balas de borracha para a plateia e começa a atirar em direção ao público. Não há informações sobre feridos.

A confusão foi na noite deste domingo (8). Várias viaturas foram posicionadas do lado de fora da casa de shows, no bairro do Parque Verde. Ainda não há confirmação do motivo para a interrupção da apresentação.

A Polícia Militar ainda não se manifestou. A Promotoria de Justiça Militar informou nesta segunda-feira (8) que vai solicitar prévia apuração à Corregedoria da PM para esclarecer os fatos.

Pelas redes sociais, o cantor publicou um vídeo negando que tenha incitado violência e que foi surpreendido pela ação policial, (veja no vídeo mais abaixo).

“Estava na quarta música, quando a polícia subiu no palco e mandou acabar o evento. O motivo, não sei. Só sei que foi o maior ‘pavão’, começaram a jogar garrafas, tacar as coisas no palco. (…). Estava fazendo meu show, a polícia mandou nos retirar e fomos pra van, da van viemos para o hotel”, afirmou.

Suposta ligação ao tráfico

O DJ MC Poze é investigado pela polícia por suposta ligação ao tráfico e e chegou a ser considerado foragido pela Justiça em 2020, mas o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ) revogou a prisão preventiva. Ele havia sido denunciado pelo Ministério Público.

À época da denúncia, o MC chegou à postar em uma rede sociais mensagem que dizia: “Deixa a favela vencer, brilhar, não tenta destruir isso”.

No final do último mês de outubro, a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) anunciou a proibição do evento “Baile do Embrasa”, marcado para o dia 30 de outubro, em Salvador, apontando ameaças de traficantes contra o artista, uma das atrações. As ameaças motivaram a decisão.

Segundo a SSP-BA, equipes de inteligência fizeram uma apuração de possível rixa entre organizações criminosas e o cantor, além da existência de um vídeo onde o artista aparece armado.

A proibição foi citada em portaria publicada no Diário Oficial do Estado da Bahia.

Fonte: G1

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

Notícias

A Polícia Civil informou nesta quarta-feira (1°) que apura uma suspeita de estupro dentro de um camarote do rodeio de Jaguariúna (SP). A vítima,...

ESPECIAL PUBLICITÁRIO

Por: Secretaria Municipal de Comunicação conteúdo de responsabilidade do anunciante O Em todo o mundo, 79,3 milhões de pessoas foram infectadas com o HIV...

Brasil

Avô da criança relata que mulher de 25 anos vinha tendo surtos psicóticos; criança foi encontrada no mar.

Notícias

A Distribuidora Atem participou de duas ações ambientais, que recolheram lixo despejado na praia Dourada e na orla em torno da base de operações...