Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Notícias

Prefeitura de Manaus inicia recuperação de área afetada por erosão no bairro Coroado

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), começou, nesta quarta-feira, 10/11, os trabalhos de identificação, para a posterior recuperação emergencial de uma área afetada por uma grande erosão na rua Brasília, bairro Coroado 1, zona Leste.

A engenheira Márcia Costa, responsável pela obra, afirma que a erosão, em um terreno de aproximadamente 100 metros de extensão, fez com que um muro de seis metros desabasse, causando riscos aos moradores no local. Inicialmente, os trabalhos são feitos de forma manual.

“O local possui um declive muito acentuado, o que coloca em risco diversas residências. Aqui, por determinação do prefeito David Almeida e do vice Marcos Rotta, estamos atuando para sanar o quanto antes esta situação. Inicialmente fazemos a escavação manual, para identificarmos o problema que provocou esta grande erosão. Já foram feitas trocas de tubulações no passado, mas não houve manutenção e os cuidados necessários. Encontramos várias tubulações obstruídas, com muito lixo, causando desanelamento na rede de drenagem e o desgaste das caixas coletoras. De forma emergencial, já vamos fazer a recuperação de duas caixas coletoras, além de anelamentos em diversas tubulações”, afirmou a engenheira.

A dona de casa Maria dos Santos, que mora nas proximidades da erosão, afirmou que a obra era um pedido antigo dos moradores e que finalmente com a nova gestão estão sendo atendidos.

 “A gente fica muito gratificado, porque fazia tempo que nós sofríamos com esse barranco aqui, principalmente em dias de chuvas. O medo maior era que arrastasse a minha casa, mas a partir de agora, eu fico mais tranquila. Agradeço a Deus pela atitude do prefeito David Almeida e do vice-prefeito Marcos Rotta, que enviaram as equipes aqui, e logo tomaram uma atitude. É ótimo ver os trabalhadores empenhados a solucionar o nosso problema”, concluiu a moradora.

Por conta da grande extensão e do terreno extremamente acidentado, ainda não há previsão para o término das obras, que devem recuperar 100% da área, para evitar que novas erosões aconteçam.

— — —

Texto – Mariana Rocha / Seminf

Fotos – Márcio Melo / Seminf

Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHsmX7bnLS

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

Brasil

Segundo a Comissão de Direitos Humanos da OAB-RJ, agentes teriam depredado o local e feito pichações com referências à milícia.

Economia

As autoridades alfandegárias da China disseram nesta terça-feira (23) que aceitarão pedidos de importação de carne bovina brasileira que tenha recebido certificado sanitário antes...

Tabatinga

Ao todo, o atual Governo destinou, entre obras concluídas e em execução, R$ 36,7 milhões para infraestrutura do município.

Autazes

Após a chegada de inúmeras dragas de garimpeiros no Rio Madeira, próximo a Comunidade Rosarinho, entre os municípios de Autazes e Nova Olinda do...