Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Mundo

Homem é condenado à morte por contrabandear série ‘Round 6’ para a Coreia do Norte, diz site

Estudantes que teriam assistido a produção sul-coreana podem ir para campo de trabalhos forçados.

Um contrabandista que teria levado para a Coreia do Norte cópias da série ‘Round 6‘, sucesso sul-coreano da Netflix, foi condenado à morte pelas autoridades do país, segundo a Radio Free Asia (RFA). Segundo o veículo, sete estudantes do ensino médio teriam sido flagrados assistindo ao programa e indicado quem teria lhes vendido – o vendedor será morto, possivelmente com pelotão de fuzilamento; o estudante que comprou o pen drive que continha a série irá para prisão perpétua e os outros seis ficarão cinco anos em campos de trabalhos forçados. Professores e outros funcionários da escola foram demitidos, podendo ser enviados a executarem serviços em minas remotas. A Coreia do Norte tem uma lei, aprovada em 2020, que proíbe o comércio e divulgação de filmes, músicas e livros no país. O objetivo é afastar produções culturais da Coreia do Sul ou dos Estados Unidos do país. Anteriormente, o regime de Kim Jong-Un havia dito que ‘Round 6’ mostra a ‘triste realidade’ sul-coreana, que seria uma sociedade desigual onde pessoas sem dinheiro são tratadas como peças de xadrez pelos ricos. A série mostra 456 pessoas competindo em brincadeiras infantis, que se tornam mortais para quem perde; quem sobreviver aos seis jogos leva um prêmio de cerca de R$ 200 milhões para casa.

Fonte: JP Notícias

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

Notícias

A Polícia Civil informou nesta quarta-feira (1°) que apura uma suspeita de estupro dentro de um camarote do rodeio de Jaguariúna (SP). A vítima,...

ESPECIAL PUBLICITÁRIO

Por: Secretaria Municipal de Comunicação conteúdo de responsabilidade do anunciante O Em todo o mundo, 79,3 milhões de pessoas foram infectadas com o HIV...

Brasil

Avô da criança relata que mulher de 25 anos vinha tendo surtos psicóticos; criança foi encontrada no mar.

Saúde

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS), anunciou na noite da ultima terça-feira,  30, o registro de 123 casos de pessoas infectadas...