Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Política

Senador Eduardo Braga comemora regularização de assentamento no Rio Juma em Apuí

Após reuniões lideradas pelo senador Eduardo Braga (MDB-AM), o Projeto de Assentamento Rio Juma em Apuí, foi assinado nesta quinta-feira (30) pelo presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Com o título em mãos, as famílias passam a ter direito a políticas públicas e linhas de crédito rurais.

No dia do aniversário do município, foi realizada a assinatura da portaria nº 2199 de 30 de dezembro, pelo presidente do Incra Geraldo José Melo Filho, é importante por enquadrar o assentamento Rio Juma, um local apto para ser regularizado pela Lei 11.952 de 2009, que dispõe sobre as áreas consideradas remanescentes no projeto.

“A definir o Projeto de Assentamento Rio Juma, localizado no município de Apuí, criado pela Resolução nº 238 de 30 de agosto de 1982, como projeto de assentamento com características de colonização”, consta no Art 1º do documento.

Em 20 de outubro, o senador Eduardo Braga esteve reunido com lideranças do município de Apuí para intervir junto ao Incra, a respeito da área de assentamento e a importância do título para os proprietários que com o documento em mãos, conseguem linhas de crédito rurais.

Portaria-2199

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

Notícias

Alinhada ao governo federal, a Federação dos Pescadores, representante legal e legítima da categoria, anunciou na manhã desta segunda-feira, 17, crédito aos pescadores de...

Notícias

O prefeito David Almeida anunciou a contratação de 500 profissionais de saúde para ajudar e tentar controlar o avanço do Covid-19 em Manaus e...

Brasil

Acidente aconteceu nesta quinta-feira, 13, e também atingiu um depósito; segundo a Defesa Civil, a recomendação é que os moradores não passem pela região.

Política

Randolfe Rodrigues sugeriu abertura de novas investigações ao Senado; nas rede sociais, parlamentar afirmou que Augusto Aras estaria entre os convocados.

Publicidade