Mensagem do Céu

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin


“Papillon”, uma superprodução de Hollywood, com Steve McQueen no papel principal conta a história real do prisioneiro Henri Charrière, que de forma espetacular consegue fugir da Ilha do Diabo, um complexo de presídios que a França mantinha na Guiana Francesa, fato corrido em 1935.
O filme narra todas as tentativas frustradas de Papillon, (borboleta em francês) de sair daquele inferno, onde cumpriria prisão perpétua.
Finalmente, numa dessas últimas tentativas ele consegue o seu objetivo.
Qual a comparação desse personagem com a nossa vida cristã? Quando alguém cai nas mãos do inimigo de nossas almas (Satanás), -porque o diabo só veio para matar, roubar e destruir, (João 10:10), o maior desejo dessa pessoa é encontrar uma rota de fuga, quando ela assim clama a Deus. Deus jamais quer nos ver aprisionados.
”Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que n’Ele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. João 3:16.
Jesus é a nossa única garantia para fugir do pecado e das armadilhas do diabo. “Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância. Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas”. João 10:9-11.
No entanto, essa garantia nos é dada se nos afastarmos do pecado e obedecermos a palavra de Deus. “Não deis lugar ao diabo”. Efésios 4:27.
Não dê ocasião para o inimigo lhe enganar através dos vícios, pornografia, avareza, altivez e festas mundanas. O apóstolo Tiago nos adverte: ”Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós. Alimpai as mãos, pecadores; e, vós de duplo ânimo, purificai os corações. Tiago 4:7,8.
Melhor é obedecer.


Tom Claro

Rosana Carvalho

Rosana Carvalho

Assine a nossa newsletter

Clique no botão editar para alterar este texto.