Mensagem do Céu

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin


Fazer parte da família de Deus requer uma mudança profunda de vida. Na verdade todos os seres humanos foram criados por Deus, mas nem todos são filhos DELE, por conta do pecado original. Neste caso, é preciso nascer de novo, assunto que deixou meio embaralhada a concepção de Nicodemos.
Jesus disse que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. João 3:3.
O ingresso para a família de Deus requer de nós, ouvirmos o evangelho, confessar nossos pecados e colocarmos nossa fé e confiança em Jesus Cristo. Para isso é preciso aceitar Jesus como Senhor e Salvador de nossas vidas. Muitos céticos confundem mudança de vida com religião. Sabe qual é a verdadeira religião?
“A religião pura e imaculada para com Deus e Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo.” Tiago 1:27
“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus. Pois vocês não receberam um espírito que os escravize para novamente temer, mas receberam o Espírito que os adota como filhos, por meio do qual clamamos: “Aba, Pai”.
O próprio Espírito testemunha ao nosso espírito que somos filhos de Deus.
Se somos filhos, então somos herdeiros; herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo, se de fato participamos dos seus sofrimentos, para que também participemos da sua glória.” Romanos 8:14-17
O batismo público é um dos primeiros requisitos para a inclusão na família de Deus. Infelizmente conheço muitos, que ao contrário do que Jesus ordenou, jamais se identificaram publicamente com sua família espiritual, ou seja, ainda não foram batizados porque se conformaram com a tradição de suas religiões e temem quebrar esse grilhão.
Podes tú também dizer: “Sou um dos tais”?


Tom Claro

Rosana Carvalho

Rosana Carvalho

Assine a nossa newsletter

Clique no botão editar para alterar este texto.