Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Eventos

Tributo a Legião Urbana marca o show de 20 anos de carreira da banda Critical Age no Porão do Alemão

Com a promessa de reunir os integrantes da primeira formação da banda, a amazonense Critical Age vai comemorar 20 anos de carreira no melhor estilo show de rock, amigos e os maiores sucessos de um grupo que marcou gerações: a banda brasiliense Legião Urbana. Seguindo todos os protocolos de segurança sanitária, o show da Critical Age, intitulado “Especial Legião Urbana” será realizado nesta quinta-feira, 29, no Porão do Alemão, situado na Avenida Coronel Jorge Teixeira, São Jorge, na zona Oeste da capital.

O retorno
Fundada em outubro de 2001 pelos irmãos, os músicos Arlley Souza (vocal e violão) e Arisson Souza (vocalista), em parceria com Efrem Eluard (baixista), Marcus Cavalcante (baterista) e Janderson Souza (guitarrista), a banda que já fez a abertura de shows de bandas nacionais e até internacionais, como a banda alemã Scorpions, que se apresentou no Sambódromo, em Manaus, em 2008, se manteve nesse formato por cerca de dez anos. Hoje, além de Arlley e Arisson, são integrantes da Critical Age, o guitarrista Ciro Tasso, o baixista João Almeida e a baterista Mixiko. E todos estarão presentes no show histórico.
“É uma felicidade gigantesca para a gente conseguir reunir essa galera para fazer um show especial, comemorando esses 20 anos. A gente sempre se tratou como família, como irmãos e uma amizade sincera. Por conta das dificuldades da vida, trabalho, não conseguíamos nos encontrar, mas agora teremos esse show memorável”, destacou o vocalista Arlley Souza.

O nome e o início de tudo
Segundo Arlley Souza, desde o início, a ideia era fazer um projeto diferente desde a concepção do nome da banda. Critical Age significa idade crítica; era crítica; tempo crítico. Os integrantes queriam um nome em inglês porque a banda só tocaria músicas internacionais das bandas com maior influência, como os Beatles, U2, Red Hot [Chili Peppers], Pearl Jam, Metallica.
Mas a paixão por música nacional surgiu ainda na infância dos irmãos Souza, lembra o Arlley. Ele e Arisson, por conta da influência do irmão mais velho, passavam horas ouvindo os discos de vinis de Legião Urbana quando crianças. A banda começou com a ‘pegada’ internacional, mas, em pouco tempo, já tocava música nacional. O nome ‘Critical Age’, no entanto, permaneceu. Arlley conta que, por ser um nome difícil de aprender e a falar, era uma forma de estímulo para que as pessoas se interessassem sobre o grupo e buscarem conhecer a banda.
“Nos primeiros quatro, cinco anos, foram bem complicados. A gente tinha dificuldade de segurar as pessoas para acreditar no nosso projeto, mas a gente persistiu. Pagávamos para tocar, porque eram poucos os lugares que abriam, então fazíamos muito aniversário e algumas casas que chamavam a gente no interior. Foi em junho de 2005 quando a gente conseguiu, finalmente, tocar num bar que já era uma referência do rock aqui em Manaus: o Porão do Alemão”.
Hoje, a banda tem no currículo a realização em quase todas as cidades do Amazonas.

Contato para entrevista: Arlley Souza – (92) 99285-8538
Redes sociais: Critical Age e Arlley Souza (Instagram e Facebook)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

ESPECIAL PUBLICITÁRIO

Por: Secretaria Municipal de Comunicação conteúdo de responsabilidade do anunciante Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que em todo o...

Polícia

Manaus/AM – A Polícia Federal deflagra na manhã desta quarta-feira (20), a Operação Vikare, que tem como alvo uma organização criminosa ligada ao tráfico...

Polícia

Equipe policial foi acionada por populares sobre suspeitos tentando assaltar um estabelecimento comercial.

Economia

Ministro da Economia afirma que falta da reforma do Imposto de Renda impede benefício permanente e que fonte de financiamento ainda não está definida.