Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Notícias

Bombeiros que irão atuar na operação Tamoiotatá começam a embarcar

Mais de 40 militares do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) embarcaram, na manhã desta quarta-feira (18/08), para o início da segunda fase da operação Tamoiotatá, que tem o objetivo de combater as queimadas no sul do estado. A primeira parte do efetivo saiu do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus, com destino a cidade de Humaitá (a 590 quilômetros de Manaus).

O comandante da equipe do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Aníbal Gomes, ressaltou que a primeira equipe está dividida em especialistas florestais, corpo médico e agentes da Defesa Civil.

“Estão indo 44 bombeiros militares por meio do Batalhão Florestal. Também estamos contando com a operação em nível nacional, Guardiões do Bioma, que está atuando na região Amazônica, Cerrado e Pantanal. Contamos com um efetivo de 60 bombeiros militares da Força Nacional”, ressaltou o tenente-coronel.

A tropa da operação ficará dividida em três bases, localizadas em Apuí, Humaitá e Lábrea. O objetivo é garantir maior cobertura contra a degradação ambiental na região sul do Amazonas, considerada de maior vulnerabilidade no estado para crimes contra o meio ambiente, relacionados à grilagem, uso irregular de terras, extração ilegal de madeira e garimpo.

Reforço operacional

A força-tarefa, que ocorre de forma contínua desde o mês de abril, ampliará a presença do Estado no sul do Amazonas, com o efetivo de 200 pessoas para fortalecer o combate ao desmatamento e às queimadas ilegais. A segunda fase da operação terá duração de quatro meses.

Segundo o comandante do CBMAM, os equipamentos entregues pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, no último dia 12, já estão sendo transportados para as bases nos municípios.

“O Sistema de Segurança recebeu equipamentos e viaturas para aumentar a parte operacional em campo. Por meio do avião efetivo e de balsa, os equipamentos já serão usados agora. Uma parte desse material já está sendo usado desde o início de abril”, disse o comandante Aníbal.

Da SSP-AM, o reforço de efetivo contará com equipes do CBMAM, do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb) da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), da Polícia Civil (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente e Urbanismo (Dema); além da Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento e Gestão Integrada (Seagi), da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop) e da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai).

(Fotos: Pelegrine Neto/SSP-AM)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

Polícia

Um vídeo que está circulando nas redes sociais neste domingo (28), mostra o momento em que policiais da Força Nacional ameaçam prender a influenciadora...

Lúcio Carril

“distúrbio mental grave em que o enfermo apresenta comportamentos antissociais e amorais sem demonstração de arrependimento ou remorso, incapacidade para amar e se relacionar...

Polícia

O corpo homem que ainda não teve a identidade revelada, foi encontrado no Ramal do Brasileiro, na tarde deste domingo (28), zona Leste de...

Flagrantes da Política

A briga começou e as negociações políticas estão acirradas entre os pretensos nomes que deverão disputar as eleições de 2022 ao governo do Amazonas....