Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Política

Delegado Pablo explica como funcionará programa habitacional voltado aos profissionais da Segurança Pública

Os trabalhadores da segurança pública de todo Brasil, como policiais civis e militares, bombeiros e guardas municipais, entre outros, terão mais facilidade para conseguir a casa própria, graças ao programa “Habite Seguro”, sancionado ontem (13/09) pelo presidente Jair Bolsonaro.

A medida foi elogiada pelo deputado federal do Amazonas, Delegado Pablo (PSL), que usou as redes sociais para comentar a criação do programa habitacional voltado aos profissionais da Segurança Pública.

Pablo explica que o novo programa vai beneficiar os integrantes do Sistema Único de Segurança Pública (Susp), como policiais, bombeiros, agentes penitenciários e guardas municipais, entre outros.

“São trabalhadores que terão acesso até R$ 300 mil para adquirir a casa própria, que é um sonho de todo brasileiro”, afirmou Pablo.

Para ter acesso aos recursos, os profissionais têm que possuir renda mensal de até R$ 7 mil e não possuir imóvel próprio.

Os financiamentos poderão ser feitos junto à Caixa Econômica Federal, que vai cuidar do controle orçamentário do programa.

Pablo ressalta que o programa Habite Seguro estará disponível a partir de 3 de novembro deste ano. Os profissionais interessados deverão comprovar vínculo empregatício com um órgão de segurança pública.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Você pode gostar!

Notícias

Trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em dezembro podem sacar, a partir de hoje (20),...

Notícias

MANAUS – Relação extraconjugal e o desvio de R$ 200 mil são os motivos apontados pela Polícia como motivação para a execução do militar...

Notícias

A Prefeitura de Manaus, por meio do Sine Manaus, oferta 7 vagas de emprego voltadas às áreas de Tecnologia e Inovação, nesta terça-feira, 21/9,...

Notícias

As considerações duras do ministro Falcão, ao final do julgamento que começou de manhã e só acabou no final da tarde desta segunda-feira,  20,...