Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Notícias

Ageman constata falhas em serviços do Zona Azul em Manaus

A equipe de fiscalização da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) esteve nas ruas do Centro, nesta semana, e constatou que as falhas na prestação do serviço de Estacionamento Rotativo Pago Zona Azul continuam e algumas das principais falhas encontradas foram inconsistência no uso do aplicativo ZA Manaus, demora no atendimento dos monitores aos motoristas, estacionamento irregular de motocicletas, vagas em frente a garagens residenciais, e veículo estacionado ocupando duas vagas ao mesmo tempo.

A vistoria foi realizada pela Diretoria de Mobilidade e Transporte da Ageman e percorreu as vias Tapajós, Barroso, Ramos Ferreira, Joaquim Nabuco, José Clemente, 10 de Julho, Henrique Martins, 7 de Setembro e Eduardo Ribeiro.

Os fiscais fizeram um registro fotográfico dos problemas identificados e ouviram vários condutores de veículos, que utilizam o serviço diariamente.

“Uso o aplicativo, mas sempre tenho problemas com o saldo dos créditos, além de os monitores demorarem muito a aparecer para fazer o atendimento”, reclamou a motorista Valéria Araújo.

A falta de conhecimento sobre a existência do aplicativo, também foi uma reclamação bastante relatada pelos motoristas. O usuário Luciano da Silva acabou pagando duas vezes pelo uso da vaga.

“Não sabia da existência do aplicativo. Com a demora dos monitores, tive uma cobrança indevida e paguei duas vezes”, afirmou Luciano.

O chefe de Divisão da Diretoria de Mobilidade e Transporte da Ageman, João Lourenço da Silva, informou que as constatações vão subsidiar a adoção de novas medidas contra a concessionária do serviço Zona Azul.

“Fomos informados pelos representantes do Zona Azul, que adotaram algumas melhorias como a mudança do escritório de atendimento aos usuários, que agora fica bem mais central e de fácil acesso, no entanto, várias falhas ainda não foram sanadas. Vamos analisar o relatório dessa fiscalização e nossa Diretoria Jurídica vai apontar qual procedimento deverá ser realizado pela Ageman em relação a tudo isso”, assegurou João Lourenço.

Sobre o Zona Azul

Implantado em 2018, o serviço público de Estacionamento Rotativo Pago Zona Azul, passou a ser regulado e fiscalizado pela Ageman em 2019, com a publicação do decreto municipal nº 4.399, de 3 de maio de 2019.

Atualmente, o serviço oferta 3.323 vagas, sendo 2.694  na área central de Manaus e outras 629 no conjunto Vieiralves, zona Centro-Sul da capital, no entanto, nessa última localidade, a cobrança encontra-se suspensa.

O serviço é realizado pela empresa Consórcio Amazônia, Tecnologia de Trânsito da Amazônia SPE – Ltda., detentora da outorga do serviço, conforme contrato nº 014/2015, celebrado com o município de Manaus.

O sistema começou a funcionar em Manaus com tarifa de R$ 2,45 a hora. Os créditos podem ser adquiridos por meio do aplicativo Zona Azul Manaus, site www.zamanaus.com.br nos postos de venda autorizados ou ainda, pessoalmente, com os monitores.

— — —

Texto –  Tereza Teófilo / Ageman

Foto – Divulgação / Ageman

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

Autazes

Após a chegada de inúmeras dragas de garimpeiros no Rio Madeira, próximo a Comunidade Rosarinho, entre os municípios de Autazes e Nova Olinda do...

Brasil

A polícia informou ainda que oito armas pertencentes aos oito agentes envolvidos no caso foram enviadas à Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo...

Educação

Atividade acontece durante toda a semana e debate pautas ligadas à educação indígena.

Educação

Mais de 27 mil bolsas, para sete idiomas diferentes, são oferecidas nesta edição do programa. As inscrições para o programa Bolsa Idiomas, em Manaus,...