Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Política

Deputada Estadual Joana Darc vota sim pelo Prosamim da Sharp

A aprovação do projeto foi comemorada pela parlamentar, que reconheceu a iniciativa do Governo do Estado

A deputada estadual Joana Darc (PL), votou sim pela contratação de empréstimo que viabilizará a construção do Prosamim da Sharp, onde aproximadamente residem 10 mil famílias.

A comunidade localizada no Distrito Industrial, Zona Leste de Manaus, é conhecida pela precariedade do espaço ocupado por palafitas constantemente atingidas por alagações.

“Hoje é um dia histórico na Assembleia Legislativa. Com essa aprovação, daremos dignidade para essas pessoas. Quase 10 mil famílias vão ser beneficiadas diretamente, se a gente for calcular pessoas por famílias, a gente atinge um público de mais de 50 mil pessoas”, discursou Joana Darc, ao apresentar seu voto.

A proposta do Governo do Estado foi aprovada na manhã desta quarta-feira (29), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). O empréstimo será feito junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no valor de US$ 80.000.000,00 (Oitenta Milhões de Dólares).

O momento foi acompanhado por dezenas de comunitários da Sharp, que ocuparam a galeria da Assembleia do Amazonas. A quantidade de público foi reduzida por respeito aos decretos relacionados à pandemia pela Covid-19.

“Vocês podem contar com meu total apoio. Sei que são décadas de lutas, o quanto choveram promessas que nunca foram cumpridas. E aqui, parabenizo o governador Wilson Lima, pela iniciativa que mostra o seu comprometimento com nossos irmãos mais carentes”, ressaltou Joana Darc.

Violência contra Mulher

Ainda na sessão plenária desta quarta-feira (29), a deputada Joana Darc, comentou seu Projeto de Lei (PL), que busca a transferência do local de trabalho, para mulheres vítimas de violência doméstica e familiar.

A proposta segundo Joana Darc, nasceu de conversas com mulheres vítimas de violência, que retratam perseguição por seus algozes, mesmo em seu local de trabalho.

“Tive relatos de mulheres que quando elas sofrem agressão e possuem medidas protetivas, o agressor ainda sabe onde ela trabalha. Aí, ele vai atrás dela não em casa, mas no trabalho. E como uma deputada mulher, não poderia deixar de apresentar esse projeto”, comentou Joana Darc.

Foto: Fábio Romão

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

ESPECIAL PUBLICITÁRIO

Por: Secretaria Municipal de Comunicação conteúdo de responsabilidade do anunciante O Em todo o mundo, 79,3 milhões de pessoas foram infectadas com o HIV...

Notícias

No domingo (5), um vídeo viralizou nas redes sociais onde duas ajudantes do papai Noel e uma outra mulher envolvem em uma briga. Mesmo...

Notícias

A Polícia Civil informou nesta quarta-feira (1°) que apura uma suspeita de estupro dentro de um camarote do rodeio de Jaguariúna (SP). A vítima,...

Polícia

Neste domingo (5), um homem identificado como Gênesis Nascimento da Costa, 40 anos, foi executado a tiros em um posto de combustível localizado na...