Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Notícias

Começa a funcionar em Manaus supermercado autônomo, primeiro desse porte na região

Começou a funcionar em Manaus um novo modelo de supermercado para compras ágeis e 100% autônomas, sem atendentes, primeiro desse porte na região, com mix completo para atender os clientes. Trata-se do Lutti by Pátio Gourmet, inaugurado no condomínio Renaissance, no bairro Chapada.

A expectativa é que nos próximos meses sejam lançadas mais cinco unidades com este formato e com a marca do Pátio Gourmet. Outras lojas também deverão abertas com a chancela do Superatacado Nova Era. As duas marcas fazem parte do Grupo Nova Era, que atua em Manaus/AM, Boa Vista/RR e Porto Velho/RO.

Devido à pandemia de Covid-19, o conceito de cashierless stores (lojas sem atendentes), em que o cliente é protagonista de todo o processo de compra, tem ganhado força e motivou o lançamento do novo modelo na região. Esses empreendimentos podem ser instalados em condomínios, fábricas, universidades e centros comerciais. Em Manaus, o Pátio Gourmet se uniu à startup Lutti para lançar lojas seguindo esse novo conceito.

Nesse modelo de supermercado, o cliente vai até a unidade, escolhe o produto e finaliza o pedido de maneira rápida, prática, tendo como aliado principal a tecnologia. “Este novo formato de mercado surge como uma alternativa para evitar aglomerações nesse momento de pandemia e é ideal para os consumidores que buscam praticidade e comodidade em meio a correria do dia a dia”, afirma Paulo Victor Nascimento, CEO e fundador do Lutti.

A Lutti by Pátio Gourmet funciona 24h, sete dias por semana. A unidade possui cerca de 41m² e foi instalada utilizando contêineres adequados ao uso comercial. A loja conta com um mix de mais de 800 produtos, entre itens exclusivos, importados e do dia a dia, divididos entre áreas de açougue, padaria, frutas e legumes, bebidas, limpeza, higiene pessoal, entre outros.

O diretor de Inovação do Nova Era, Miguel Aguiar, ressalta que os clientes contam, no local, com toda a estrutura que já é reconhecida nos empreendimentos do grupo, assim como serviços diferenciados, produtos de qualidade e tendências do setor de alimentos. “Cada condomínio possui um perfil diferente de consumo, o que resulta em uma oferta de produtos totalmente personalizada, de acordo com o local”, destacou.

Uso e operação da loja – Para fazer compras na loja autônoma, é simples. O cliente deve baixar o aplicativo Lutti, disponível para Android e IOS e, em seguida, realizar um breve cadastro. Após esse processo, basta escanear o QRcode disponível na entrada da unidade, para destravar a porta. Uma vez dentro da loja, o cliente pode escolher os produtos de seu interesse e, para finalizar a compra, basta realizar o pagamento dos produtos no self checkout.

De acordo com a diretora de Operações e cofundadora do Lutti, Larissa Queiroz, quanto mais intuitivo for o fluxo de compra, melhor será a curva de aprendizagem dos clientes. “Na pandemia, as pessoas passaram a explorar mais o varejo digital e este formato de mercado extrai o melhor dos dois mundos – tanto digital quanto a experiência das lojas físicas”, frisou.

Ela explica que as lojas autônomas são novidade para a maioria das pessoas. Por isso, foi preciso desenvolver uma solução na qual tanto o fluxo de compra quanto o aplicativo fossem o mais intuitivos possível, fazendo com que as pessoas não tivessem receio em utilizá-lo, principalmente, pelo fato de não haver atendentes no local. “Em caso de dúvidas durante a compra, o consumidor pode entrar em contato em tempo real, pelo aplicativo”, reforçou.

Para quem quiser ter uma loja Lutti no seu espaço, é só entrar em contato pelo site www.mercadolutti.com ou visitar as redes sociais @luttioficial.

Larissa Queiroz explica que o diferencial do modelo adotado em Manaus vai desde a visita técnica para análise da viabilidade da área para implantação do negócio, o desenvolvimento do projeto em 3D, para que possam visualizar como ficará implantado, e todo o suporte que é fornecido. “A startup conta com uma equipe de profissionais de Engenharia Civil e design de interiores. São realizados estudos de cores e sonorização, além da definição do mix de produtos, conforme o perfil dos clientes, para oferecer uma experiência completa de mercadoterapia”, complementou.

Fotos: Divulgação


Fábio Leite Pereira
Jornalista e Assessor de Imprensa

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

Notícias

Um vídeo que circula pelas redes sociais, mostra o momento em um suposto assaltante é espancado dentro de uma canoa e logo após é...

Notícias

Manaus/AM – Um detento do regime semiaberto, suspeito de assalto, foi linchado na noite desta segunda-feira (11), na rua São Nicolau do bairro Colônia...

Celebridades

Isabela Brito Guerra foi acusada de se aproveitar da amizade que tinha com o casal para aplicar golpe.

Brasil

Dados são da Pesquisa Industrial Mensal divulgada pelo IBGE Apresentando sinais de recuperação de impactos da pandemia de Covid-19 na economia, o Amazonas se...