Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Economia

Guedes diz que vê reformas tributária e administrativa aprovadas até o fim do ano

Ministro da Economia também projeta a conclusão das privatizações dos Correios e da Eletrobras em 2021.

Ministro da Economia, Paulo Guedes disse nesta quarta-feira, 13, acreditar que até o fim do ano as reformas administrativa e tributária serão aprovadas pelo Congresso. Ao elencar uma série de transformações do país, o chefe da equipe econômica ainda afirmou que em 2021 serão concluídas as privatizações dos Correios e da Eletrobras. “A democracia brasileira vai continuar surpreendendo. A democracia brasileira é bastante barulhenta e vibrante. Você consegue ouvir daqui, há muitas pedras sendo jogadas de um lado para o outro, mas tudo dentro do campo democrático”, disse em entrevista ao Atlantic Council, nos Estados Unidos. O ministro também afirmou que o governo vai distribuir vacinas contra a Covid-19 para países da América Latina até dezembro, prazo estimado para a imunização completa da população adulta brasileira. Sem falar quais países receberão as doses, Guedes citou a importância da vacinação para ilhas do Caribe que possuem a economia baseada no turismo e que a imunização é importante para que o crecimento econômico da região não evolua de forma desigual. “Vamos começar a vacinar os nossos vizinhos, vamos ajudar os nossos vizinhos”, afirmou.

Ao comentar as ações do país no combate aos efeitos econômicos gerados pela pandemia do novo coronavírus, Guedes disse que a distribuição do auxílio emergencial permitiu a maior redução da pobreza no país em mais de 40 anos. “Criamos a transferência direta de renda para as pessoas e foi um impacto fabuloso”, afirmou. Segundo o ministro, o Brasil gastou o dobro dos países emergentes e 10% a mais do que as economias avançadas. O benefício, porém, reconheceu, levou ao aumento da inflação. “Começamos a ver o crescimento dos preços em setores como habitação e comida”, afirmou. O ministro relativizou a aceleração a 10,25% do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) nos 12 meses encerrados em setembro — o maior registro desde fevereiro de 2016 —, afirmando que a alta da inflação é um fenômeno global. “Nos Estados Unidos costumava ser zero, e agora está em 5%. No Brasil costumava ser 4%, e está em 9%.”

O chefe da equipe econômica voltou a afirmar que a economia brasileira vai crescer acima de 2% em 2022, visão muito mais otimista do que a do mercado financeiro e a de outras entidades. O Fundo Monetário Internacional (FMI) revisou as projeções de expansão do PIB do ano que vem para 1,5%. Segundo Guedes, a previsão está sofrendo interferência das inseguranças do cenário internacional. Para 2020, a instituição chegou a prever queda de 9,1% do PIB, enquanto o resultado oficial apontou retração de 4,1%. “Eles vão cometer um erro de novo. Uma das lições da economia é que quando se tem muitas incertezas e choques, a estabilidade dos métodos de previsão fica completamente perdida”, disse. Guedes também afirmou que espera que os EUA renovem o apoio da indicação do Brasil para a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), considerado o clube dos países ricos. “Estamos fazendo o nosso dever de casa, trabalhando duro e conversando com os americanos”, disse o ministro ao citar evoluções nos sistemas digitais do governo e os esforços para a redução dos impostos das empresas. O chefe da equipe econômica ainda disse que o Brasil é o terceiro maior destino de investimentos no mundo e que o país está aberto para negócios. “Muitas empresas estão mudando as suas posições geográficas, saindo da China e indo para América do Sul. Pensem no Brasil.”

Fonte: JP Notícias

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

Manacapuru

O corpo de uma mulher que não teve a identidade revelada, foi encontrado com marcas de tortura na tarde deste domingo (17), no bairro...

Polícia

Uma mulher suspeita de cometer assaltos na cidade de Manaus, foi pega pela população na zona Sul da cidade, quando se tentava praticar mais...

Notícias

Manaus/AM- Brena Rayssa Pinheiro de Macedo, 28, foi vítima de um homem que ainda não foi identificado, na noite deste domingo (17), no bairro...

ESPECIAL PUBLICITÁRIO

Por: Secretaria Municipal de Comunicação conteúdo de responsabilidade do anunciante Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que em todo o...