Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Lúcio Carril

AQUI EM MANAUS PODE ESTAR HAVENDO SUBNOTIFICAÇÃO DE CASOS DE COVID

Semana passada a FVS-AM emitiu um comunicado sobre a circulação de novas variantes do coronavírus , inclusive da Delta, aqui na capital.

Estamos num período de transição do verão para a chuva, momento propício para circulação de muitos vírus e de doenças respiratórias. No entanto, numa pandemia, todo paciente com sintoma provocado pelo vírus tem que ser testado. Isso é um procedimento padrão que não está sendo seguido aqui em Manaus.

Médicos irresponsáveis estão diagnosticando todo paciente com febre, dor de cabeça, garganta inflamada, dor no corpo como virose – aquela virose comum neste período, sem encaminhar para teste de Covid. Isto pode gerar uma subnotigicação perigosa na pandemia, capaz de fortalecer as novas variantes e levar Manaus a uma nova crise.

Temos em todo estado 600 mil pessoas que não tomaram a primeira dose da vacina e 500 mil que não tomaram a segunda dose. 80% das mortes por Covid têm esse público como vítima.

O problema é que entre negacionistas e irresponsáveis o programa de imunização é comprometido, colocando toda população em risco, já que mantém o vírus forte e circulando.

O sistema de saúde ao não fazer a testagem dos pacientes também não contribui para o fim da pandemia ou mesmo para seu controle. Diagnosticar tudo como virose é ignorar a pandemia e ela não acabou. Temos em todo estado pouco mais de 40% de imunizados e 50% em Manaus. Os faltosos da segunda dose na capital ultrapassam 265 mil.

Os órgãos de saúde de Manaus e do estado precisam orientar o sistema para manter os procedimentos corretos de atendimento na pandemia. A única forma de saber se febre, dores na garganta, na cabeça e no corpo é virose provocada pela transição do verão para período de chuva ou Covid é o teste. achômetro não funciona e só ajuda o coronavírus e seus filhotes.

Lúcio Carril
Sociólogo

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

Autazes

Após a chegada de inúmeras dragas de garimpeiros no Rio Madeira, próximo a Comunidade Rosarinho, entre os municípios de Autazes e Nova Olinda do...

Brasil

A polícia informou ainda que oito armas pertencentes aos oito agentes envolvidos no caso foram enviadas à Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo...

Educação

Atividade acontece durante toda a semana e debate pautas ligadas à educação indígena.

Educação

Mais de 27 mil bolsas, para sete idiomas diferentes, são oferecidas nesta edição do programa. As inscrições para o programa Bolsa Idiomas, em Manaus,...