Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Notícias

Prefeitura inicia vistoria de 25.890 imóveis para diagnóstico de infestação do Aedes aegypti

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), iniciou nesta segunda-feira, 8/11, a execução do 2º Diagnóstico de Infestação do Aedes aegypti de 2021. Até o dia 23/11 serão vistoriados 25.890 imóveis, selecionados por amostragem nos 63 bairros de Manaus, com o objetivo de fazer o levantamento do índice de infestação do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Segundo o chefe do Núcleo de Controle da Dengue da Semsa, Alciles Comape, durante a vistoria dos imóveis, os profissionais realizam a identificação, eliminação ou tratamento de criadouros do mosquito Aedes aegypti.

“Os agentes de saúde vão identificar se o imóvel tem focos do mosquito, coletar larvas encontradas nos criadouros e encaminhar para laboratório, que vai determinar se são realmente do tipo Aedes aegypti. A partir disso, será possível medir o índice de infestação predial dos imóveis com presença do mosquito e os tipos de depósitos que estão servindo como criadouros”, explica Alciles Comape.

Com o resultado do trabalho, a Semsa irá elaborar e direcionar ações voltadas para cada área da cidade no combate ao Aedes aegypti nos próximos meses, reduzindo o risco de transmissão de doenças.

“Se a gente identificar, por exemplo, que a maioria dos criadouros em um bairro é de depósitos do tipo de armazenamento de água, como tanques, camburões ou caixa d’água, será possível reforçar o trabalho de distribuição de capas protetoras para os depósitos e de Educação em Saúde na comunidade. Se os depósitos são do tipo lixo, como garrafas e latas, a Semsa pode estabelecer como estratégia o fortalecimento de parcerias para mutirões de limpeza, assim como de mobilização social com os líderes comunitários”, informa Alciles.

O trabalho de diagnóstico será executado de segunda-feira a sábado, por 286 profissionais, entre Agentes de Controle de Endemias (ACEs), Agentes Comunitários de Saúde (ACSs), motoristas, supervisores e coordenadores de equipes, nas zonas Sul, Leste, Oeste e Norte. No cronograma desta segunda-feira, 8/11, as ações já foram iniciadas nos bairros Glória, São Raimundo, Santo Antônio, Vila da Prata, São Jorge, Flores, Parque 10 de Novembro, Mauazinho, Colônia Antônio Aleixo e Cidade de Deus.

Casos

Entre janeiro e outubro de 2021, o município de Manaus registrou 3.793 casos confirmados das três doenças transmitidas pelo Aedes aegypti (dengue, zika e chikungunya), o que representou um aumento de 379,51% em relação ao mesmo período do ano passado, quando houve o registro de 791 casos confirmados.

Dos casos confirmados de doenças transmitidas pelo Aedes este ano, 3.691 são casos de dengue. Desse total, 60% foram diagnosticados em crianças e adolescentes de até 15 anos.

Alciles Comape lembra que o último grande surto de dengue em Manaus ocorreu em 2011, o que significa que muitas pessoas, principalmente crianças e adolescentes, não tiveram contato anterior com um dos quatro sorotipos de dengue (DEN 1, DEN 2, DEN 3 e DEN 4), e estavam mais suscetíveis à doença.

Ele também aponta que, com a pandemia da Covid-19, as pessoas passaram mais tempo dentro de casa, mas que foi possível observar que houve um maior acúmulo de depósitos tipo lixo dentro dos imóveis.

“As pessoas ficaram mais tempo dentro de casa, mas não estavam descartando o lixo de maneira adequada, o que propiciou um aumento no número de criadouros do Aedes e também dos casos de dengue. Mas, nos últimos meses, o número de casos da doença vem reduzindo. Em junho deste ano, o número de casos em Manaus chegou a 429, em setembro o número ficou em 98 casos, com o mês de outubro registrando 31 casos”, destaca Alciles.

— — —

Texto – Eurivânia Galúcio / Semsa

Fotos – Divulgação / Semsa

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

Notícias

A Polícia Civil informou nesta quarta-feira (1°) que apura uma suspeita de estupro dentro de um camarote do rodeio de Jaguariúna (SP). A vítima,...

ESPECIAL PUBLICITÁRIO

Por: Secretaria Municipal de Comunicação conteúdo de responsabilidade do anunciante O Em todo o mundo, 79,3 milhões de pessoas foram infectadas com o HIV...

Brasil

Avô da criança relata que mulher de 25 anos vinha tendo surtos psicóticos; criança foi encontrada no mar.

Saúde

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS), anunciou na noite da ultima terça-feira,  30, o registro de 123 casos de pessoas infectadas...