Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Notícias

Vigilância Sanitária municipal apreende 1,6 tonelada de carne bovina com validade vencida em supermercado da zona Centro-Sul

A Vigilância Sanitária da Prefeitura de Manaus (Visa Manaus) apreendeu, na tarde desta quarta-feira, 10/11, mais de uma tonelada e meia de carne, em peças de quarto de boi, com a validade vencida, em um supermercado na zona Centro-Sul de Manaus. O estabelecimento foi autuado e irá responder a Processo Administrativo Sanitário pela infração.

A inspeção nos pontos de venda de carne e o frigorífico do estabelecimento foi provocada por denúncia feita à Ouvidoria do Departamento de Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). O denunciante informou sobre a compra de uma peça desse tipo de carne, com mau odor, no supermercado. Em razão disso, os fiscais da Gerência de Vigilância de Produtos (GVPRO) foram ao local para averiguar.

O diretor da Vigilância Sanitária Municipal, Ewerton Wanderley, ressaltou a importância que as denúncias feitas pela população têm no combate às más práticas sanitárias.

“Graças aos cidadãos, que acionam a Visa Manaus, por meio da Ouvidoria, podemos ampliar nossa atuação para coibir problemas na acomodação, conservação e manuseio de alimentos. Peço que esse zelo continue, e que sempre se verifiquem as informações e o aspecto dos produtos na hora de comprá-los”, orientou o diretor.

Fiscalização

Na ação, os fiscais constataram que todas as peças de quarto de boi, tanto as colocadas à venda quanto as acondicionadas no frigorífico, estavam com a validade vencida, totalizando 1,6 tonelada do produto. Por essa ocorrência, foi lavrado um Auto de Infração e um Auto de Apreensão e Inutilização da carne, que foi doada para o Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS), por estar apta ao consumo dos animais no zoológico do local.

“Embora o alimento encontrado não apresentasse características evidentes de estar estragado, por já estar com a validade expirada nós fizemos a apreensão e o recolhimento das peças, para prevenir possíveis riscos à saúde dos consumidores”, explicou o fiscal de saúde Carlos Viana.

Agora o estabelecimento deverá apresentar defesa para explicar a oferta de carne vencida à população, e dependendo do resultado do processo administrativo, terá de pagar uma multa entre 1 a 400 Unidades Fiscais do Município (UFM), cujo valor unitário atual é de R$ 114,61.

A população de Manaus pode denunciar irregularidades sanitárias relativas a produtos e serviços por meio da Ouvidoria da Visa Manaus, no número (92) 98842-8481 ou pelo e-mail [email protected]

Texto – Renildo Rodrigues / Semsa
Fotos – Divulgação / Semsa

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

ESPECIAL PUBLICITÁRIO

Por: Secretaria Municipal de Comunicação conteúdo de responsabilidade do anunciante O Em todo o mundo, 79,3 milhões de pessoas foram infectadas com o HIV...

Notícias

No domingo (5), um vídeo viralizou nas redes sociais onde duas ajudantes do papai Noel e uma outra mulher envolvem em uma briga. Mesmo...

Notícias

A Polícia Civil informou nesta quarta-feira (1°) que apura uma suspeita de estupro dentro de um camarote do rodeio de Jaguariúna (SP). A vítima,...

Polícia

Neste domingo (5), um homem identificado como Gênesis Nascimento da Costa, 40 anos, foi executado a tiros em um posto de combustível localizado na...