Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Mundo

Argentina passa a exigir teste para Covid-19 de todos que entrarem no país

Medida vale para estrangeiros e cidadãos da nação, que registrou aumento de casos da variante Ômicron.

O governo da Argentina informou nesta segunda-feira, 3, que tanto seus cidadãos quanto os estrangeiros que quiserem entrar no país deverão ser testados para Covid-19 por causa do aumento dos casos da variante Ômicron. “Devido à proliferação da ômicron, uma variante com um risco maior de transmissão e reinfecção em comparação com as que circulavam anteriormente, é um requisito para a entrada na Argentina passar por um teste diagnóstico”, disse o Ministério da Saúde em comunicado. A medida se aplica àqueles que entrarem por via aérea, fluvial e marítima na Argentina e foi baseada no aumento de casos de covid que o país sofreu no final de dezembro, quando a barreira de 50 mil contágios por dia foi ultrapassada. A nova exigência se soma às normas atuais para os passageiros que desejarem entrar no território. Eles devem apresentar um teste PCR negativo realizado no país de origem até 72 horas antes da viagem. Também é cobrado o esquema vacinal completo, com a segunda dose aplicada no mínimo 14 dias antes da entrada no território argentino. Companhias de transporte farão o controle da documentação antes do embarque.

Fonte: JP Notícias

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

Notícias

Alinhada ao governo federal, a Federação dos Pescadores, representante legal e legítima da categoria, anunciou na manhã desta segunda-feira, 17, crédito aos pescadores de...

Notícias

O prefeito David Almeida anunciou a contratação de 500 profissionais de saúde para ajudar e tentar controlar o avanço do Covid-19 em Manaus e...

Brasil

Acidente aconteceu nesta quinta-feira, 13, e também atingiu um depósito; segundo a Defesa Civil, a recomendação é que os moradores não passem pela região.

Política

Randolfe Rodrigues sugeriu abertura de novas investigações ao Senado; nas rede sociais, parlamentar afirmou que Augusto Aras estaria entre os convocados.

Publicidade