Conecte-se Conosco

Olá, o que procuras?

Mundo

Pobreza extrema na Venezuela sobe para 76,6% – estudo

Cerca de três quartos dos venezuelanos vivem agora na pobreza extrema, enquanto o colapso econômico hiperinflacionário da outrora próspera Opep continuou pelo sétimo ano consecutivo, de acordo com um estudo publicado na quarta-feira.

A Pesquisa Nacional de Condições de Vida 2020-2021 (ENCOVI), realizada por pesquisadores da Universidade Católica Andrés Bello (UCAB), apurou que dos 28 milhões de habitantes do país, 76,6% vivem em extrema pobreza, ante 67,7% no ano passado.

O relatório atribuiu o aumento à pandemia de COVID-19 e à escassez crônica de combustível, que pelo menos 20% dos entrevistados disseram que não podiam colocar gasolina em seus carros, um grande obstáculo ao emprego.

O estudo ENCOVI foi criado em 2014 para suprir a ausência de dados oficiais, segundo Pedro Luis Espana, sociólogo da UCAB que contribuiu com o estudo.

Espana disse que, além da perda de poder de compra, a falta de emprego levou ao tédio, acrescentando que o setor público da Venezuela paga mal, já que o salário mínimo do país gira em torno de US $ 3 por mês, e o setor privado do país é pequeno.

“É a ausência de oportunidades”, disse Espana. “Está sentado na frente da porta da casa, sem fazer nada, não porque você não queira fazer nada, mas porque não há onde fazer.”

O Ministério da Informação da Venezuela não respondeu imediatamente a um pedido de comentários sobre as descobertas. O governo do presidente Nicolas Maduro frequentemente culpa as sanções dos EUA pelos problemas do país, mas os críticos atribuem a crise do país à má gestão econômica de seu governo.

Quando medido apenas por níveis de renda, 94,5% da população vive na pobreza, um número sem igual em outras partes da região, constatou a pesquisa ENCOVI.

CARACAS, 29 de setembro (Reuters) – Cerca de três quartos dos venezuelanos vivem agora na pobreza extrema, enquanto o colapso econômico hiperinflacionário da outrora próspera Opep continuou pelo sétimo ano consecutivo, de acordo com um estudo publicado na quarta-feira.

A Pesquisa Nacional de Condições de Vida 2020-2021 (ENCOVI), realizada por pesquisadores da Universidade Católica Andrés Bello (UCAB), apurou que dos 28 milhões de habitantes do país, 76,6% vivem em extrema pobreza, ante 67,7% no ano passado.

O relatório atribuiu o aumento à pandemia de COVID-19 e à escassez crônica de combustível, que pelo menos 20% dos entrevistados disseram que não podiam colocar gasolina em seus carros, um grande obstáculo ao emprego.

O estudo ENCOVI foi criado em 2014 para suprir a ausência de dados oficiais, segundo Pedro Luis Espana, sociólogo da UCAB que contribuiu com o estudo.

Espana disse que, além da perda de poder de compra, a falta de emprego levou ao tédio, acrescentando que o setor público da Venezuela paga mal, já que o salário mínimo do país gira em torno de US $ 3 por mês, e o setor privado do país é pequeno.

“É a ausência de oportunidades”, disse Espana. “Está sentado na frente da porta da casa, sem fazer nada, não porque você não queira fazer nada, mas porque não há onde fazer.”

O Ministério da Informação da Venezuela não respondeu imediatamente a um pedido de comentários sobre as descobertas. O governo do presidente Nicolas Maduro frequentemente culpa as sanções dos EUA pelos problemas do país, mas os críticos atribuem a crise do país à má gestão econômica de seu governo.

Quando medido apenas por níveis de renda, 94,5% da população vive na pobreza, um número sem igual em outras partes da região, constatou a pesquisa ENCOVI.

A pesquisa foi realizada por meio de questionários distribuídos a 14 mil domicílios em 21 dos 23 estados do país entre fevereiro e abril.

Foto:  Manaure Quintero

Fonte: Reuters

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Advertisement

Você pode gostar!

Notícias

A Polícia Civil informou nesta quarta-feira (1°) que apura uma suspeita de estupro dentro de um camarote do rodeio de Jaguariúna (SP). A vítima,...

ESPECIAL PUBLICITÁRIO

Por: Secretaria Municipal de Comunicação conteúdo de responsabilidade do anunciante O Em todo o mundo, 79,3 milhões de pessoas foram infectadas com o HIV...

Notícias

No domingo (5), um vídeo viralizou nas redes sociais onde duas ajudantes do papai Noel e uma outra mulher envolvem em uma briga. Mesmo...

Polícia

Neste domingo (5), um homem identificado como Gênesis Nascimento da Costa, 40 anos, foi executado a tiros em um posto de combustível localizado na...